Alunos de Castelo de Paiva Aprenderam Gestos que Salvam Vidas - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

quinta-feira, 22 de dezembro de 2022

Alunos de Castelo de Paiva Aprenderam Gestos que Salvam Vidas

 


O município de Castelo de Paiva, em parceria com a Escola Secundária e a Associação Nacional de Emergência Socorro e Catástrofe (ANESC) promoveram uma ação de formação em Suporte Básico de Vida, certificada pelo INEM.


A autarquia paivense destaca que “esta ação envolveu mais de uma centena de alunos da Escola Secundária, sendo que, a ANESC é uma associação sem fins lucrativos, que garante formação certificada pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) ministrada por médicos e enfermeiros”.


O município recorda que “cada aluno formado e conhecedor dos procedimentos básicos de socorro pode agora contribuir para salvar uma vida”, salienta que “Castelo de Paiva foi o primeiro concelho a abraçar este projeto”, existindo “outros municípios da região do Tâmega e Sousa que o contratualizaram”.


Citada em comunicado, Liliana Vieira, vereadora da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, destacou a “importância e oportunidade desta ação de formação, na medida em que considera que, os jovens aprendem mais rápido e importa valorizá-los, de forma constante, com estas competências e conhecimentos, que podem ajudar a salvar vidas”.


A autarca lembrou que a Câmara Municipal de Castelo de Paiva no decorrer dos seus “compromissos sociais e educativos, no âmbito da área da saúde e da proteção civil da sua população, decidiu implementar um projeto de formação em suporte básico de vida nas suas escolas, mostrando-se agradada pela adesão e interesse demonstrado pelos alunos participantes”.


Citado, também, em comunicado Filipe Serralva, diretor médico do projeto desenvolvido pela Associação Nacional de Emergência Socorro e Catástrofe (ANESC), referiu  “cada aluno formado e conhecedor dos procedimentos básicos de socorro pode contribuir para salvar uma vida “,afirmando que,“ o suporte básico de vida é simples de fazer e essencial, e não pode haver suporte avançado de vida sem suporte básico de vida”.


Sob o mote “ ensinar gestos simples, que salvam vidas “os 124 alunos paivenses do 11º ano, aprenderam a “sequência de procedimentos a efetuar, desde ver se há condições de segurança para ajudar a vítima, avaliar o seu estado de consciência, perceber se respira, ligar o 112 e dar todas as indicações necessárias, até iniciar o suporte básico de vida, enquanto não chegam os meios de socorro diferenciados”.


“Esta parceria assenta num projeto da ANESC de nome “SOMOS UM®”, um programa gizado para massificar o suporte básico de vida em todo o país e que pretende a formação a grupos de alunos de forma continuada, repetindo-a anualmente, procurando desta maneira ser um importante instrumento de cidadania e literacia em saúde, despertando as novas gerações para a importância destas formações na preservação e proteção do nosso maior bem que é a vida”, lê-se na nota informativa que nos foi endereçada.


Recorde-se que, esta iniciativa contou, também, com o “apoio da Ordem dos Enfermeiros (OE) e da Sociedade Portuguesa de Literacia em Saúde (SPLS) e, durante esta cerimónia, será assinado um protocolo de colaboração entre a Sociedade Portuguesa de Literacia em Saúde e a Associação Nacional de Emergência Socorro e Catástrofe#.


Fonte: Novum Canal

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________