Incêndio em café assustou famílias de prédio evacuado de madrugada - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

segunda-feira, 26 de setembro de 2022

Incêndio em café assustou famílias de prédio evacuado de madrugada

 


O "Edifício Horizonte", um prédio de habitação na Rua Augusto Dinis, na Senhora da Hora, em Matosinhos, teve de ser evacuado esta madrugada na sequência de um incêndio que deflagrou no café do rés-do-chão. Não houve feridos a registar e nenhuma habitação terá ficado danificada.


Surpreendidos a meio da noite, um casal com cerca de 30 anos contou ao JN ter "acordado com um cheiro muito intenso". "Quando abri a janela vi muito fumo. Acordámos os nossos filhos e saímos", contou a mãe das crianças, de seis e oito anos, acrescentando que, por essa altura, já a polícia estava a pedir aos moradores para saírem do prédio. Tudo não passou de um susto.


De acordo com o casal, o incêndio deflagrou na cozinha do café, não tendo provocado estragos no interior de nenhuma habitação. "O proprietário tem alarme de fogo, recebeu uma mensagem com o alerta e veio até ao café", acrescentou o morador, que afirma ter estado no espaço com o dono do café. Diz que parte da cozinha ficou destruída e a casa de banho do espaço também.


Fonte da PSP confirmou ao JN que o incêndio deflagrou às cinco da manhã e teve origem numa "fritadeira elétrica". O "fumo subiu pela conduta" do prédio tendo, por isso, obrigado à retirada de moradores. No que toca a danos no prédio, nenhuma habitação terá sido atingida. Apenas a fachada do edifício junto à conduta em causa foi atingida pelo fumo.


Os moradores agradecem o trabalho dos bombeiros, que estiveram "cerca de uma hora" a trabalhar e "sempre muito preocupados". Alargam os agradecimentos à equipa da PSP e da Proteção Civil, que só permitiu o regresso das famílias, crianças e idosos ao prédio "depois de estarem garantidas todas as condições de segurança".


A combater o fogo estiveram as corporações de Bombeiros Voluntários de Leça do Balio e de S. Mamede de Infesta.


Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________