Os bombeiros não sabem usar o SIRESP, os bombeiros estão a usar equipamento ilegais? Uma grande polémica que está em vias de ser inspecionada - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

terça-feira, 2 de agosto de 2022

Os bombeiros não sabem usar o SIRESP, os bombeiros estão a usar equipamento ilegais? Uma grande polémica que está em vias de ser inspecionada

 


O Governo acusa os bombeiros de não saberem usar a rede de emergência. Os bombeiros acusam o Governo de não reconhecer que o SIRESP falha e que é preciso resolver o assunto em nome da segurança. A Inspeção-Geral da Administração Interna está disponível para intervir.


A Liga dos Bombeiros Portugueses está a averiguar as queixas feitas por vários comandantes de corporações no distrito de Leiria sobre falhas na capacidade de resposta do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) durante o combate às chamas e admite solicitar um relatório à Inspeção-Geral da Administração Interna. “Os comandantes queixaram-se da situação, não há nada como averiguar e a entidade que nos parece certa para averiguar é a IGAI.”


A CNN Portugal apurou que a IGAI estaria “à partida” recetiva a analisar possíveis falhas na resposta do SIRESP, sendo que este tipo de avaliação estaria dentro das suas competências. Mas antes de fazer o pedido à inspeção, o presidente da Liga, António Nunes, garante que é “necessário ter informação concreta” sobre as falhas reconhecidas pelos bombeiros e desmentidas pelo Ministério da Administração Interna e pela secretária de Estado da Proteção Civil. "Não vale a pena continuarmos com essa polémica, por isso eu vou falar com os comandantes e depois admitimos recorrer ao IGAI”, afirma António Nunes à CNN Portugal.


A polémica em torno do SIRESP está lançada desde que o comandante de bombeiros de Alvaiázere e o autarca de Leiria garantiram que o sistema falhou aos bombeiros durante o combate aos incêndios. No terreno, os operacionais reportaram que foram mesmo obrigados a recorrer aos telemóveis pessoais e a outros meios alternativos de comunicação para solicitar ajuda. Por outro lado, o Governo nega que o SIRESP esteja a a falhar.


Primeiro foi a secretária de Estado da Proteção Civil que negou que a rede SIRESP tenha falhado, apontando para “deficientes utilizações dos equipamentos de rádio em determinado momentos". Depois das declarações de Patrícia Gaspar, foi a vez de o ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, negar novamente falhas na rede. Disse que “houve picos de congestionamento” que chegaram a “um minuto” e adiantou, na mesma linha da secretária de Estado, que “por vezes nem sempre o uso [SIRESP] é feito nos termos em que deve ser” e que “deve ainda continuar a ser feita formação aos diferentes utilizadores” do sistema.


CNN Portugal

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________