Idanha-a-Nova reforça bombeiros com equipa de intervenção permanente - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

segunda-feira, 29 de agosto de 2022

Idanha-a-Nova reforça bombeiros com equipa de intervenção permanente

 


A Câmara de Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, vai reforçar os bombeiros locais com uma terceira Equipa de Intervenção Permanente (EIP), num investimento anual global de 73 mil euros.


"Com este investimento, a autarquia pretende valorizar e reforçar a capacidade operacional do corpo de bombeiros [Idanha-a-Nova], garantindo ainda maior prontidão na resposta às ocorrências que impliquem intervenções de socorro às populações do concelho e de defesa dos seus bens", referiu, em comunicado, o município de Idanha-a-Nova.


A criação desta terceira EIP dos Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova foi aprovada em reunião do executivo e a constituição da nova equipa vai ser alvo de um protocolo a celebrar entre a Câmara de Idanha-a-Nova, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova.


A EIP constituída por cinco elementos é financiada em 50% pela Câmara de Idanha-a-Nova (36.500 euros) e os restantes 50% pela ANEPC, num investimento global anual de 73 mil euros.


A autarquia deu também início à elaboração do Regulamento de Atribuição de Benefícios Sociais aos Bombeiros Voluntários do concelho de Idanha-a-Nova.


"É uma medida que visa reconhecer, através da implementação de benefícios concretos, uma atividade de risco em nome de uma tão nobre causa como é a de zelar pela segurança e bem-estar das populações", lê-se na nota.


Além do apoio aos bombeiros locais, o município de Idanha-a-Nova tem vindo a aumentar o número de Equipas Municipais de Proteção Civil (seis equipas de proteção civil e sapadores), "que reforçam ainda mais a capacidade de prevenção em todo o concelho".


"A Câmara de Idanha-a-Nova tem investido fortemente na melhoria da eficiência da proteção civil e das condições de prevenção e socorro, nomeadamente face a incêndios florestais", concluiu.


Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________