Encontrado corpo de criança desaparecida no rio Minho - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

domingo, 1 de maio de 2022

Encontrado corpo de criança desaparecida no rio Minho

 


A criança espanhola desaparecida desde sábado no rio Minho foi encontrada morta esta tarde a 500 metros da Praia Fluvial de Arbo (Espanha), disse à Lusa o comandante da Capitania do porto de Caminha.


Em declarações à agência Lusa, o comandante do Comando da Capitania do porto de Caminha, Pedro Santos Jorge, afirmou que o corpo do menino de 10 anos de idade foi encontrado esta tarde, cerca das 15:00, a “500 metros a jusante da Praia Fluvial de Arbo, do lado espanhol”.


“[O corpo] estava na margem espanhola”, acrescentou.


As buscas para encontrar a criança desaparecida no sábado no rio Minho, na zona de Melgaço,  tinham sido retomadas hoje de manhã.


O alerta do desaparecimento por elementos de uma família espanhola na Praia fluvial de Arbo, do lado espanhol, foi dado no sábado e as buscas foram realizadas com a intervenção da Polícia Marítima de Caminha, bem como com o apoio de elementos dos Bombeiros de Melgaço e de vários meios espanhóis.


Segundo a edição ‘online’ de hoje no jornal La Voz de Galicia, a ocorrência aconteceu cerca das 19:00 (18:00 em Portugal), quando “a criança de 10 anos perdeu uma sandália e entrou na água para buscá-la pela mão do progenitor. A forte corrente arrastou-os”.


Junto a eles, na praia fluvial, estava a mãe e outra criança, uma menina de 8 anos. A família é de Vigo, acrescenta o jornal La Voz de Galicia.


O pai, de 42 anos de idade, ainda foi retirado com vida, mas acabou por não resistir, avança o jornal La Voz de Galicia.


O Minho

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________