Freguesias de Abrantes Reforçam Dispositivo de Combate a Fogos Rurais - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

terça-feira, 26 de abril de 2022

Freguesias de Abrantes Reforçam Dispositivo de Combate a Fogos Rurais

 


Dez das 13 juntas de freguesia do concelho de Abrantes (Santarém) vão integrar o dispositivo municipal de combate a incêndios rurais, colocando no terreno viaturas equipadas com ‘kits’ de primeira intervenção e rádios de comunicação.


A Câmara de Abrantes refere que as carrinhas ligeiras integram o Dispositivo Especial Contra Incêndios Rurais (DECIR), no âmbito municipal, para responder de forma mais rápida e eficaz no ataque aos incêndios, na sua fase inicial, até que cheguem os reforços ao local do fogo, sendo uma mais-valia pela sua proximidade e rapidez.


“Num território tão extenso, como o de Abrantes, precisamos de ter dispositivos em vários pontos do concelho para que, num processo de ignição de um incêndio, possamos ter condições de ataque rápido, na salvaguarda de pessoas e bens”, salienta o presidente da Câmara Municipal, Manuel Jorge Valamatos.


Este ano, a Câmara Municipal de Abrantes reforçou o investimento nos ‘kits’ de primeira intervenção contra incêndios, num total de 175 mil euros, mais 15 mil euros do que em 2021 e mais 50 mil do que em 2020.


Ainda segundo Manuel Jorge Valamatos, os kits de primeira intervenção “funcionam também como instrumentos de vigilância, desempenhando um papel dissuasor e informativo, junto da população”.


Ainda segundo a Câmara de Abrantes, foi aprovada, em reunião do executivo, a celebração de contratos interadministrativos para “melhor desempenho de atribuições em matéria de Proteção Civil” com as juntas de Freguesia de Abrantes e Alferrarede, Aldeia do Mato e Souto, Bemposta, Mouriscas, S. Facundo e Vale das Mós, Rio de Moinhos, Tramagal, Carvalhal, Fontes e Pego, sendo que as duas últimas integram pela primeira vez o Dispositivo Especial Contra Incêndios Rurais.


Não integram o DECIR a União de Freguesias de São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo, a Junta de Freguesia de Martinchel, e a União de Freguesias de Alvega e Concavada. A União de Freguesias de Alvega e Concavada já justificou que não integra o dispositivo por falta de recursos humanos.


Na nota da autarquia, o presidente da Câmara de Abrantes destaca ainda o trabalho “de grande esforço” das juntas de freguesia que integram o DECIR porque “têm de alocar recursos humanos e algum investimento do seu próprio orçamento”.


O autarca salienta, também, que as freguesias que não disponham dos recursos necessários para levar a cabo estas ações “não deixam de estar protegidas, já que todos os restantes meios no âmbito da proteção civil são alocados em caso de necessidade”.


O DECIR, que arrancou em 2019 com seis juntas de freguesia, engloba hoje 11 carrinhas de 10 das 13 freguesias do município de Abrantes e resulta num apoio financeiro de 15 mil euros por ‘kit’ de primeira Intervenção, composto por maquinaria, mangueira e tanque com capacidade de 600 litros de água, formação específica a dois operacionais por carrinha e fatos de proteção individual, num total de investimento de 175 mil euros.


Segundo a Câmara de Abrantes, a parceria com as juntas de freguesia permite criar condições para que possam melhorar “o desempenho” em matéria de proteção civil e no “ataque imediato a um fogo nascente para o debelar ou evitar que tome grandes proporções, até que cheguem os reforços ao local do sinistro”.


No âmbito do DECIR 2022, a ser apresentado oportunamente, as carrinhas das freguesias, nos períodos de alerta laranja e vermelho, comprometem-se a estar pré posicionadas em Locais Estratégicos de Estacionamento (LEE), dentro do limite da freguesia e em horários também definidos previamente pelo comandante dos Bombeiros de Abrantes e pela Proteção Civil Municipal.


O concelho de Abrantes tem uma área de 714 quilómetros quadrados e uma vasta zona florestal.

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________