Viúva de Piloto que Morreu no Combate a Fogo em Castro Daire Recebe 37 Mil Euros por Ano - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

sábado, 11 de dezembro de 2021

Viúva de Piloto que Morreu no Combate a Fogo em Castro Daire Recebe 37 Mil Euros por Ano

 


Américo Sousa, de 51 anos, pilotava um helicóptero de combate a incêndios quando se despenhou e morreu, depois de bater em cabos elétricos de alta tensão em Cabril, Castro Daire, a 20 de agosto de 2017.


Agora, o Tribunal da Relação do Porto mandou pagar à viúva uma pensão anual e vitalícia de quase 37 mil euros, até à idade da reforma por velhice. As filhas do casal vão receber pensões anuais de 24 640 euros.


Tudo porque o tribunal de recurso concluiu que o piloto tinha uma relação laboral subordinada, e não a de mero prestador de serviços, pelo que se tratou de um acidente de trabalho.


Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________