Sargento da GNR Morre em Acidente de Mota Junto ao Autódromo do Algarve - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

domingo, 7 de novembro de 2021

Sargento da GNR Morre em Acidente de Mota Junto ao Autódromo do Algarve

 


Um acidente entre um automóvel e uma mota causou a morte de um militar da GNR, ao final da tarde deste sábado, na via de acesso ao Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão. A vítima seguia na mota.


O acidente aconteceu às 19.45 horas na via de acesso ao Autódromo Internacional do Algarve, no concelho de Portimão, onde este fim-de-semana decorrem as provas do Grande Prémio de Portugal de Moto GP.


João Fernandes, primeiro sargento do Destacamento de Trânsito da GNR de Faro, seguia numa mota da GNR, em serviço, quando colidiu com um automóvel e foi projetado, caindo inanimado. No local, os colegas da GNR efetuaram as primeiras manobras de reanimação até à chegada dos Bombeiros e do INEM.


O sargento da GNR foi transportado de helicóptero para o Hospital de Portimão. Inicialmente, o Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro foi informado de que havia três feridos, dois graves e um ligeiro, mas o sargento da GNR acabaria por falecer. O ferido ligeiro é um homem de 56 anos e o ferido grave é um homem de 50.


Para o local foram mobilizados os Bombeiros de Portimão, para além de outros meios de socorro e forças de segurança, num total de 23 elementos em três viaturas. Após a colisão, uma das viaturas incendiou-se e o fogo foi extinto de imediato pelos Bombeiros. A estrada de acesso ao Autódromo teve a circulação impedida nos dois sentidos.


Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________