Incêndio em residência em Nelas deixa casal desalojado - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Incêndio em residência em Nelas deixa casal desalojado

 


Um incêndio, esta quarta-feira, numa habitação na Lapa do Lobo, Nelas, deixou um casal septuagenário desalojado e a casa parcialmente destruída, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.


"É uma habitação unifamiliar com dois pisos e o de baixo, nomeadamente a cozinha e a sala, ficou destruído. O incêndio terá começado num sofá que estaria muito próximo da lareira e com o tempo e o aquecimento começou em combustão lenta", contou o comandante interino dos Bombeiros voluntários de Canas de Senhorim.


Luís Abrantes, que comandou as operações no local, explicou à agência Lusa que "o andar de cima, onde ficam os quartos, está todo negro", e toda a habitação "não está em condições de habitabilidade".


"A moradora disse à assistente da Câmara [Municipal] de Nelas que não precisava de casa, porque ia para casa da irmã do marido, já que ele está num centro de dia e a irmã consegue assegurar-lhes o alojamento provisório", contou.


Luís Abrantes disse tratar-se de "um casal com mais de 70 anos, sendo que ele não estava presente, por estar no centro de dia, e a senhora ficou bem, sem ferimentos, apesar do estado de choque inicial".


O alerta foi dado às 09h48, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu, e no local estiveram 15 operacionais com seis viaturas, entre bombeiros, GNR e proteção civil da Câmara de Nelas.


"Os trabalhos terminaram às 11h30, já com toda a extração do fumo da habitação", precisou Luís Abrantes.


Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________