"Foi o Nosso Anjo": Militar da GNR Salva Bebé de Morte por Asfixia - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

quarta-feira, 3 de novembro de 2021

"Foi o Nosso Anjo": Militar da GNR Salva Bebé de Morte por Asfixia

 


Um militar da GNR salvou um bebé em asfixia em outubro. A história foi relembrada e partilhada nas redes sociais pela GNR, com o testemunho do pai da criança sobre o que se passou.


O caso aconteceu na Autoestrada N.º 1, na zona de Torres Novas, por volta das 19h00 horas. Uma patrulha do Destacamento de Trânsito do Comando Territorial de Santarém prestou auxílio a uma criança que mostrava sinais de sufoco.


Durante a viagem, de Coimbra para Sintra, a criança começou a apresentar dificuldades respiratórias. A mãe do bebé tentou aplicar a manobra de Heimlich, mas sem sucesso. "Devido à angústia e risco de morte do nosso filho por sufocamento começámos a circular com aumento de velocidade para nos dirigirmos com urgência para uma unidade hospitalar", explicou o pai do bebé. 


No caminho, cruzaram-se com a patrulha de trânsito da GNR, comandada pelo Sargento-ajudante Nelson Ribeiro, a quem pediram ajuda. "A patrulha mandou-nos encostar na berma para nossa segurança. Eu saí do carro em pânico a pedir ajuda ao militar. Este, quando soube que se tratava de um sufocamento de recém-nascido, começou de imediato as manobras de Heimlich", contou.


O pai da criança revelou que o bebé começou a mostrar sinais de melhoria e que o militar os tranquilizou. A família foi acompanhada em marcha de urgência para o Hospital Distrital de Santarém, onde uma equipa de profissionais de saúde aguardava.


Na publicação o pai do bebé deixou um agradecimento especial ao Sargento-ajudante Nelson Ribeiro. "Quero aqui deixar o agradecimento da minha parte e da minha esposa, porque sem a ajuda do Sargento-ajudante Nelson Ribeiro do Comando Territorial de Santarém o nosso filho já não estaria cá. Foi o nosso anjo. Sem a sua experiência e calma o nosso filho não teria hipóteses de sobrevivência. Ficarei eternamente agradecido por ter salvo a vida do meu filho e por nos ter ajudado a dirigir a uma unidade de saúde com celeridade e com segurança."


Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________