Paredes de Coura acolhe Unidade Local de Formação de bombeiros do Alto Minho - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

Paredes de Coura acolhe Unidade Local de Formação de bombeiros do Alto Minho

 


Paredes de Coura passa a dispor da primeira Unidade Local de Formação para os 12 corpos de bombeiros do distrito de Viana do Castelo, bem como para empresas da região poderem nela preparar os funcionários na formação obrigatória em matéria de riscos e proteção civil. É um investimento de cerca de 100 mil euros.


“Com esta unidade, que ocupa um terreno com cerca de 12 mil m2 pertencente à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura, o Alto Minho ganha um equipamento que melhor garantirá a segurança de todo o distrito de Viana do Castelo”, refere a autarquia, em comunicado.


“Este era um sonho antigo dos Bombeiros de Paredes de Coura, que agora se transformou em realidade para todas as corporações de bombeiros do distrito de Viana do Castelo. Esta unidade local de formação será determinante para aumentar a eficácia de intervenção e a segurança dos nossos bombeiros, que todos os dias zelam pela nossa proteção e segurança”, sublinhou Vítor Paulo Pereira, presidente da Câmara de Paredes de Coura, citado no comunicado, manifestando ainda “a gratidão às muitas empresas que também muito contribuíram para que isso fosse possível. Esta será a nova casa da Federação. Fizemos um grande esforço financeiro, mas os bombeiros de Paredes de Coura e os bombeiros de todo o distrito merecem todo o nosso esforço, que neste caso ganha a forma de gratidão”.


Uma ideia também reforçada pelo presidente da Federação Distrital de Bombeiros de Viana do Castelo, Germano Amorim, para quem esta nova estrutura “vem preencher uma lacuna do distrito”, permitindo no futuro “realizar simulacros em vários cenários e nos termos mais aproximados à realidade”, da mesma forma que garantirá a “melhor preservação da integridade física destes bombeiros ou de quem quer que venha a recorrer aos serviços de formação desta Unidade Local de Formação do distrito”.


Apoio à indústria na proteção e segurança


Com esta nova unidade local de formação, a Federação Distrital de Bombeiros de Viana do Castelo torna-se pioneira na dinamização de um equipamento deste género, maximizando o investimento e abrindo portas a uma utilização racionada e gerida de forma supraconcelhia. O objetivo fundamental é dar resposta às necessidades formativas dos corpos de bombeiros de todo o distrito, facto potenciado pela centralidade estratégica da sua localização – na União de freguesias de Paredes de Coura e Resende – mas, numa perspetiva de rentabilização do investimento, foi também pensada para permitir o apoio à atividade industrial na área da proteção e segurança.


O investimento inicial de 100 mil euros suportado pelo Município de Paredes de Coura será proximamente reforçado com novas valências. Muito brevemente com uma pista de treinos para condução fora de estrada e, futuramente, a adaptação do ponto de água adjacente à ULF para manobras com mangueiras e trabalho com bombas de água.


Também José Alves, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura, não escondeu o importante passo agora dado para a desejada segurança de todo o distrito de Viana do Castelo: “com um forte empenho dos Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura, com o compromisso da Federação Distrital e de todas as corporações e com o apoio da Câmara Municipal foi possível colmatar uma debilidade que tínhamos. Agora, os bombeiros de todo o distrito têm um local de formação com boas condições e pronto a funcionar”, reforçou.


Minimiza deslocações à Escola Nacional de Bombeiros


As Unidades Locais de Formação visam minimizar a deslocação dos bombeiros à Escola Nacional de Bombeiros para obtenção de formação, rentabilizando a formação ministrada com menores custos para todos os intervenientes, na maioria voluntários, proporcionando-lhes horários de formação compatíveis com as suas atividades profissionais.


Esta estrutura financiada pela Câmara Municipal de Paredes de Coura é de capital importância para o distrito, daí as associações humanitárias de Bombeiros Voluntários do distrito de Viana do Castelo e os respetivos Comandantes das corporações de bombeiros terem marcado presença, bem como o Comandante Operacional Distrital.


A ULF reúne características únicas e fundamentais na área formativa. Apesar de estar a apenas a 2,5 quilómetros da vila de Paredes de Coura, com acesso pela EN 306, fica implantada num local afastado de edificações, com envolvente florestal e adjacente a um ponto de água. Assim, além da preparação de combate a situações de incêndio urbano e industrial, permitirá também uma utilização para treino de combate florestal e treino de condução fora de estrada, valências fundamentais para garantir uma formação adequada às características do distrito e às necessidades de todos os corpos de bombeiros.


Fonte: O Minho

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________