Bombeiros com Limitações no Transporte de Doentes - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

terça-feira, 10 de agosto de 2021

Bombeiros com Limitações no Transporte de Doentes

 


Retirada de viaturas da plataforma eletrónica de gestão na região Centro já levou as corporações a terem de estabelecer prioridades no transporte.


Algumas corporações de bombeiros do Centro do país alegam ter sido limitadas pela Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), que retirou algumas viaturas de transporte de doentes da plataforma eletrónica destinada a esse serviço. As corporações apontam que os utentes são os mais lesados, enquanto a ARSC assegura que as viaturas retiradas não cumpriam os requisitos.


A situação aconteceu em meados de julho, quando a ARSC questionou as corporações sobre as viaturas que tinham para transporte de doentes. Depois de algumas terem respondido, viram retiradas da plataforma as viaturas de transporte de doentes não urgentes (VDTD), por a ARSC considerar que não cumpriam os requisitos. No caso dos Bombeiros da Mealhada, o corte implicou uma redução de sete para três veículos de transporte de doentes.


Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________