"A Crónica da Ariana": Enquanto a Lei Defender os Incendiários, a Corda Vai "Rebentar" Sempre para o Lado mais Fraco - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 24 de maio de 2021

"A Crónica da Ariana": Enquanto a Lei Defender os Incendiários, a Corda Vai "Rebentar" Sempre para o Lado mais Fraco

 


Enquanto a lei continuar leve para os incendiários as coisas não  vão  mudar e a corda irá sempre partir para o lado mais fraco.


Enquanto o governo continuar a remediar em vez de prevenir as coisas não vão mudar , enquanto se quiserem encontrar culpados só agora tapar o sol com a peneiro em vez de fazer verdadeiras averiguações.


Enquanto isso tudo acontece  o numero de área ardida aumenta de ano para ano, sendo que aumenta no mesmo ritmo com que o número de bombeiros no activo nas nossas corporações diminui a olhos vistos. .

Sabem o que também aumenta?


As desculpas do governo  as medidas de "gaveta " e as promessas caídas no vazio, tal como aumenta  cansaço  de bombeiros e civis que todos os anos veem a história se repetir .


O sentimento de impotência  de bombeiros  é tão  grande como o cheiro a fumo que  se sente de norte  a sul de país, tão grande como a confiança dos incendiários que sabem que não lhes vai ser feito "nada" alguns deles já reincidentes conhecem bem o sistema (ou a falta/falha que nele habita ).


Num país onde os bombeiros não tem espaço num orçamento de estado , num país onde a corda rebenta sempre para o lado mais fraco , num país de gente cansada consternada perante a leveza com que este assunto é tratado de ano para ano , num país onde os comandantes  vivem de nó na garganta sabendo que nunca sabem quando apesar de darem tudo de si se podem vir a sentar num banco de réus mais depressa que um incendiário apanhado em flagrante.


Ao comandante Augusto, muita força e que a justiça se faça.


Ariana Ribeiro

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________