Incêndio de Grandes Dimensões Destrói por Completo Restaurante da Ilha Deserta - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

quarta-feira, 3 de março de 2021

Incêndio de Grandes Dimensões Destrói por Completo Restaurante da Ilha Deserta

 


Um incêndio destruiu por completo, na noite desta terça-feira, o restaurante Estaminé, na ilha Deserta, em Faro. O restaurante, que é o único existente naquela ilha da Ria Formosa, estava em obras.


O fogo, que era visível de Faro e Olhão, a alguns quilómetros de distância, foi combatido por cinco elementos dos Bombeiros Sapadores de Faro, apoiados por elementos da Polícia Marítima.


O alerta foi recebido cerca das 22h45, através do proprietário do restaurante, que foi avisado por um pescador de que o seu restaurante estava em chamas, tendo este alertado as autoridades.


Segundo foi possível apurar junto do proprietário, o restaurante estava vazio, pelo que não haverá vítimas a registar.


Após o alerta, o Capitão do Porto de Faro mobilizou de imediato para o local «três embarcações da Polícia Marítima, com elementos dos Bombeiros Sapadores de Faro embarcados, para combater o incêndio».


No combate às chamas, foram utilizadas motobombas para tirar água da Ria Formosa, de modo a apagar o fogo. Ainda assim, uma vez que se tratava de uma construção totalmente em madeira, pouco ou nada foi possível fazer para salvar a estrutura.


O restaurante onde deflagrou o incêndio tinha no seu interior três bilhas de gás, que, segundo a Autoridade Marítima, «terão rebentado». Na vizinha ilha do Farol, foram, aliás, ouvidas explosões, provavelmente as causadas pelo rebentamento das bilhas de gás.


As causas do incêndio ainda estão por apurar. No entanto, a Polícia Judiciária vai tomar conta do caso, uma vez que poderá haver razão para suspeitar de fogo posto.


A Câmara Municipal de Faro, em nota publicada no seu Facebook, disse ter acompanhado «com preocupação as notícias do incêndio» que deflagrou na Ilha Deserta.


A autarquia confirma que «não há feridos a lamentar, muito embora os danos sejam profundos, num estabelecimento que é o único na ilha e um dos mais prestigiados da região».


Fonte: Sul Informação

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________