Ex-comandante dos Bombeiros de Baião Cessa Funções com "Sentido de Dever Cumprido" - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

sexta-feira, 12 de março de 2021

Ex-comandante dos Bombeiros de Baião Cessa Funções com "Sentido de Dever Cumprido"

 


José Costa foi recebido na passada segunda-feira, dia 8 de março, nos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Baião pelos presidente e vice-presidente Paulo Pereira e José Pinho Silva (respetivamente). O homem que comandou os Bombeiros Voluntários de Baião durante 32 anos (49 como bombeiro) atingiu o limite de idade definido por lei para o desempenho da função de comandante, passando assim ao quadro de honra da associação.


"Tive a sorte, durante este percurso, de sempre contar com bombeiros determinados, leais e com grande sentido de missão. E de encontrar sempre grande apoio e solidariedade por parte da direção", referiu na ocasião José Costa, que deixou também elogios aos executivos municipais: "Também contei a colaboração com todos os presidentes de câmara municipal que conheci neste período e com os quais foi possível estabelecer uma boa relação institucional, uma grande amizade, grande respeito e cordialidade".


O baionense assumiu terminar funções "com sentido de dever cumprido" e fez questão de manifestar a sua disponibilidade para continuar a ajudar a comunidade: "Sou voluntário e serei sempre, portanto tenho toda a boa-vontade e disponibilidade para continuar a ajudar a nossa comunidade".


Já o presidente do município, Paulo Pereira, considerou que "a sociedade deve valorizar muito as pessoas que se entregam à missão de servir a comunidade como o José Costa se entregou", até porque, "nestes tempos em que se valorizam tanto as redes sociais e os debates virtuais, existe uma tendência para desvalorizar o trabalho pela comunidade".


Fonte: Jornal A Verdade

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________