Ampliação do Centro Municipal de Proteção Civil em Destaque nos 241 Anos dos Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 29 de março de 2021

Ampliação do Centro Municipal de Proteção Civil em Destaque nos 241 Anos dos Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo

 


Nas comemorações dos 241 anos dos Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo, foi destacado o projeto da ampliação do Centro Municipal de Proteção Civil. Até início do mês de maio está previsto o arranque desta empreitada, num investimento de mais de 880 mil euros que visa dar melhor resposta aos desafios da atualidade no âmbito da Proteção Civil. 


Na cerimónia, que contou com a presença das autoridades da Proteção Civil local e distrital, o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo agradeceu a todas as entidades do concelho “pelo serviço, pela forma dedicada, sempre amiga e cooperante como participam quando são chamados a cooperar”. José Maria Costa afirmou que a ampliação do Centro Municipal vai “dotar a corporação e a Proteção Civil de mais condições operacionais”, face às “diferentes e mais complexas realidades da atualidade”. O edil indicou também que a ampliação desta valência vai permitir cumprir o “velho sonho” de criar um núcleo museológico que guarde “verdadeiras preciosidades” dos Bombeiros de Viana do Castelo.


A ampliação do edifício será implantada na parte sul do terreno do quartel dos Bombeiros Sapadores, na contiguidade do atual parque de viaturas. Serão nele instaladas diversas componentes, como o Planeamento Municipal de Emergência (englobando a prevenção e avaliação de riscos e vulnerabilidades; o planeamento e apoio às operações de socorro e a logística); Plataformas de concertação (destinadas a reuniões da comissão municipal de proteção civil, da comissão municipal de defesa da floresta; com as juntas de freguesia e com grupos de trabalho de segurança de eventos desportivos e culturais); Ações de Sensibilização e Formação; Áreas Técnicas; e Centro Municipal de Operações de Socorro – CCOM.


Este novo edifício, que se constituirá como frente urbana, desenvolve-se em dois pisos, sendo no piso térreo implantados os espaços de maior contacto com a população, nomeadamente a Secretaria; Comissão Municipal de Proteção Civil; Sala Polivalente de apoio à emergência; Logística; Chefe de Serviço; Serviços técnicos dedicados ao planeamento, prevenção e avaliação de riscos e vulnerabilidade.


No piso superior serão instaladas zonas eminentemente técnicas, como a Central Municipal de Operações de Socorro; Sala de Situação; Gabinete de Comando; Gabinete de Proteção Civil; Camaratas de comando e vestiários.


Numa mensagem vídeo enviada à corporação vianense, o Ministro da Administração Interna. Eduardo Cabrita, referiu que os Sapadores vianenses “são um dos corpos de bombeiros mais antigos do país e têm uma ligação secular à comunidade”. O governante deixou palavras de “reconhecimento pela História destes Sapadores, pela sua dedicação à cidade e à região, sempre presentes quando necessário e que, sobretudo nestes tempos tão complexos que desde há um ano estamos a viver, é ainda mais reforçada”. 


Os Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo, com a designação original de Companhia da Bomba, foram fundados a 22 de março de 1780. São o terceiro mais antigo corpo de bombeiros do país, logo a seguir aos Sapadores de Lisboa e Porto.


Fonte: Radio Geice 

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________