Moura: “Sobras” de Vacinas Covid-19 Ministradas aos Bombeiros - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Moura: “Sobras” de Vacinas Covid-19 Ministradas aos Bombeiros

 


Operacionais dos bombeiros vacinados contra covid-19 com “sobras”. Foram 28 os operacionais do voluntários de Moura que receberam a vacina no Centro de Saúde.


Vinte e oito operacionais dos Bombeiros Voluntários da corporação mourense foram vacinados contra o vocid-19, no passado dia 23, com “sobras” de vacinas destinadas a doentes de risco da população, cujos utentes não compareceram no Centro de Saúde para receberem as mesmas.


Perante esta situação e visando não atirar as vacinas para o lixo nem administrar a pessoas que não estivessem na linha da frente no combate à doença, a direção do Centro de Saúde local contatou o Serviço Municipal de Proteção Civil de Moura (SMPCM) sobre a possibilidade de serem vacinados membros do Corpo Ativo dos voluntários mourenses.


A situação mereceu toda a concordância do SMPCM que de imediato comunicou com o comandante da corporação que fez o encaminhamento dos operacionais para o Centro de Saúde.


Ouvido pelo JN, Diogo Saraiva, coordenador do SMPCM, reveliu que “ao perceberem que as vacinas iam sobrar o Centro de Saúde questionou os nossos serviços sobre a possibilidade dessas vacinas serem ministradas aos bombeiros, o que mereceu toda a nossa concordância”, acrescentando que “a nossa decisão foi, é e sempre será em benefício de quem está na linha da frente no combate ao covid-19”, rematou.


Por seu turno o comandante dos Bombeiros Voluntários de Moura, mostrou-se satisfeito a decisão considerando que só temos que louvar a decisão e o reconhecimento pelo trabalho que desenvolvemos no combate à pandemia”, concluiu.


Carlos Encarnação acrescentou que “juntando estes 28 vacinados aos que vão ser vacinados por determinação da Autoridade Nacional de Proteção civil, ficamos com cerca de 97% do Corpo Ativos vacinado, o que nos deixa mais descansados”, revelando que a corporação tem 70 elementos no ativo.


Ministério Público investiga uso indevido de vacinas


Procuradoria-Geral da República confirma a instauração de nove inquéritos. Casos da diretora da Segurança Social de Setúbal e do INEM do Norte estão entre os casos a analisar.


O Ministério Público vai investigar os casos relacionados com a toma indevida de vacinas contra a covid-19. Entre os inquéritos instaurados está a vacinação da diretora da Segurança Social de Setúbal, Natividade Coelho, que se demitiu do cargo após o caso ter sido tornado público, e a inoculação de funcionários de uma pastelaria do Porto e do proprietário de um restaurante na mesma, a mando do diretor regional do Norte do INEM, António Barbosa, que também colocou o lugar à disposição.


A Procuradoria-Geral da República (PGR) diz que estão sob investigação ainda os processos de vacinação relacionados com o INEM de Lisboa, com o Centro de Apoio de Idosos de Portimão, e com instituições particulares de solidariedade social de Vila Nova de Famalicão, Arcos de Valdevez, Bragança, Seixal e Montijo. “Este trabalho de pesquisa prossegue ainda relativamente a outras situações que também têm vindo a público”, refere a PGR.


Teixeira Correia em Lidador Noticias

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________