João Monteiro Lima Vê Nova EIP como Forma de “Servir Melhor a População” - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 27 de fevereiro de 2021

João Monteiro Lima Vê Nova EIP como Forma de “Servir Melhor a População”

 


A 20 de janeiro de 1924 nascia, em Marco de Canaveses, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários. Uma instituição com 97 anos e que, dia a dia, está presente na vida de todos os marcoenses, sempre à disposição para os servir.


Este foi o primeiro aniversário com João Monteiro Lima à frente da direção da associação. A eleição aconteceu em setembro de 2020, mas esta não é uma casa desconhecida para o novo presidente, uma vez que, nos últimos oito anos, ocupou o lugar de vice-presidente da direção. João Monteiro Lima classifica o aniversário como “especial”, tendo sido marcado pela pandemia da COVID-19.


“A pandemia obrigou-nos a refazer o programa que tínhamos anteriormente, tendo sido uma cerimónia simbólica. Tinhamos programada a bênção de uma viatura, oferecida pela REN, que teve de ser adiada. Esperamos fazer essa bênção o mais depressa possível, talvez no próximo Dia Municipal do Bombeiro, em junho”, disse.


João Monteiro Lima defende que o seu principal objetivo de mandato, é o aumento dos associados da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Marco de Canaveses e, apesar da campanha ainda não ter sido lançada, já começaram a aparecer interessados. “Há também algumas pessoas que têm manifestado essa vontade. Estamos a desenvolver essa campanha, que será feita durante este ano”, explicou.


O presidente da direção viu também com bons olhos o anúncio de uma nova Equipa de Intervenção Permanente e recorda que esta é uma necessidade “há muito apontada pelo comando do corpo de bombeiros. Já tinhamos transmitido essa urgência à presidente da Câmara Municipal e percebi que ficou sensibilizada. Comprometeu-se a agendar uma reunião com a secretária de Estado da Administração Interna, que já aconteceu e de onde nasceram frutos”.


De acordo com o dirigente, esta nova EIP, mais importante de que para os bombeiros, é “para as pessoas que são servidas pelos bombeiros. Haverá uma maior abrangência durante o dia de socorro de profissionais”.


Bombeiros já começaram a ser vacinados

Outra boa notícia para a corporação de Bombeiros Voluntários de Marco de Canaveses é o início da vacinação contra a COVID-19 nos operacionais. De acordo com João Monteiro Lima, foram 69 bombeiros, o que corresponde a cerca de 50 por cento do corpo ativo.


“É uma boa notícia, permite que cerca de 50 por cento dos nossos operacionais estejam vacinados. No entanto, considero que a notícia peca por tardia. Na esmagadora maioria dos casos, o primeiro contacto de um infetado com a COVID-19 ou de um suspeito é com um bombeiro”, recordou.


Confira tudo em Jornal A Verdade

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________