Temos de Fechar Quartéis para Vacinarem os Bombeiros?? - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Temos de Fechar Quartéis para Vacinarem os Bombeiros??

 


A Associação Nacional de Bombeiros Profissionais-ANBP considera muito crítico o atual momento que se vive no País (Continente e Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores) no que diz respeito à pandemia de COVID19. Os bombeiros - que continuam na linha da frente - tardam em ser vacinados!


Porque não são prioritários? Não se pode esperar mais....!


A preocupação é constante, dado que, a cada dia, aumenta o número de bombeiros infetados, e corre-se o risco de que possam, a curto prazo, fechar alguns quartéis ou estarem a funcionar com redução de pessoal, de tal forma que pode ficar em causa o socorro a prestar às populações.


A ANBP alerta que há quartéis com quase uma centena de bombeiros de quarentena, com testes realizados ou por contágio.


Na Madeira, desde Junho que não se realizam testes aos bombeiros das corporações, apesar do aumento diário de casos na Região.


Queremos salvar a população, mas não desejamos ser foco de contágio nas famílias.


A ANBP defende que deveriam ser vacinados, de imediato, todos os bombeiros que fazem parte das equipas de COVID e, de seguida, os restantes, porque adiar a vacinação dos bombeiros só vai agravar a atual situação.


É lamentável que o Senhor Presidente da República venha, uma vez mais, falar em vacinação quando sabe que a atual situação é muito grave. Não basta dizer, tem que se atuar. Não basta dizer que a situação é muito crítica, é preciso tomar medidas para evitar que fique pior.


Temos vindo a assistir a promessas e mais promessas, mas os bombeiros continuam a ficar para trás, quando deveriam ser os primeiros, atendendo às suas funções, ao cansaço diário e à falta de rendição de algumas equipas. Também estamos exaustos! E a “rebentar pelas costuras”, para atender ao transporte de doentes e a todas as situações de emergência. Olhem para os hospitais em situação limite, não tarda podem ser os bombeiros!


A ANBP não deixará de continuar a exigir prioridade para os bombeiros, na vacinação contra a COVID-19.


Só “protegidos” os bombeiros poderão continuar a trabalhar na linha da frente!


Lisboa e Sede Nacional aos 2021/01/18

O presidente

Fernando Curto

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________