Liga Acusa Processo de Vacinação de Ser Anárquico e Pretender Dividir Bombeiros - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 23 de janeiro de 2021

Liga Acusa Processo de Vacinação de Ser Anárquico e Pretender Dividir Bombeiros

 


“A Liga dos Bombeiros Portugueses exige transparência e rigor no processo de vacinação de todos os bombeiros contra a covid-19 e lamenta a anarquia que paira no processo e que faz querer pretender dividir os próprios bombeiros entre filhos e enteados”, destacou a Liga, em comunicado assinado pelo presidente Jaime Marta Soares.


A LBP revelou ainda ter tomado conhecimento que “restos de um lote de vacinas destinado a idosos vai ser utilizado na vacinação de bombeiros dos municípios de Palmela e de Setúbal”.


“[A Liga] não pode aceitar que haja a intenção de criar exceções, nomeadamente com restos, fazendo crer que os bombeiros são portugueses de segunda”, atirou.


Assegurando que não está contra a vacinação dos bombeiros dos referidos municípios, a confederação lamentou que “os 15 mil bombeiros que aguardam, pelos vistos, fiquem para trás”.


E lembrou que reclama “há meses” a vacinação “urgente e generalizada de todos os bombeiros exigindo que lhes seja dada prioridade, não só na defesa dos próprios mas também para que possam estar em melhores condições de continuar a prestar o apoio e o socorro às populações”.


Além de exigir por parte do ministério da Administração Interna uma “resposta clara e inequívoca sobre o que se está a passar”, a LBP assegurou que “caso ela não venha urgentemente esclarecer os bombeiros, e a própria opinião pública, reserva-se o direito de formular uma queixa formal à Procuradoria Geral da República (PGR)”.


A confederação dos bombeiros questionou também sobre todo o processo de vacinação, apontando que “sempre agiu de boa fé e com espírito de cooperação nos contatos com o Governo”.


Fonte: Sapo 24

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________