Bombeiros de Vila Meã viveram "um ano muito complicado" a servir Amarante - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Bombeiros de Vila Meã viveram "um ano muito complicado" a servir Amarante

 


Como é sabido, apesar de a pandemia da COVID-19 não ter deixado incólume nenhum aspeto da sociedade, são os profissionais de saúde, segurança e proteção civil quem está, desde março, no seu 'epicentro'. Ao prestar auxílio àqueles que mais necessitam, são estas classes quem combate de forma mais ativa e direta os efeitos do novo coronavírus, que fez de 2020 um ano com características muito peculiares, pela negativa.


Por isso mesmo, também para os Bombeiros Voluntários de Vila Meã este foi "um ano muito complicado". Quem o assume é Carvalho Ferreira, comandante da corporação sediada na vila de Vila Meã, no concelho de Amarante. O homem nascido há 59 anos na freguesia de Banho e Carvalhosa (Marco de Canaveses), mas residente em terras vilameanenses há mais de três décadas, confessa que, desde o seu surgimento, o "raio da pandemia" tem trazido à corporação "muitos problemas e preocupações".


Fonte: Jornal A Verdade

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________