Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira e Câmara Municipal (re)aproximam-se - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 20 de dezembro de 2020

Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira e Câmara Municipal (re)aproximam-se

 


No sábado de manhã, os Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira (BVPF) realizaram uma cerimónia de bênção a uma plataforma giratória recentemente adquirida. O veículo vai permitir aos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira uma melhor atuação em cenários urbanos e industriais, permitindo uma extensão de 32 metros.


Segundo o presidente da AHBVPF, o preço da viatura rondou os 140.000 euros, tendo sido importada da Holanda, mas em estado novo ascenderia aos 400-500 mil euros.


“Desde que entrámos na direção que era um grande objetivo nosso adquirirmos uma viatura destas. Foi adquirida com uma ajuda da Câmara Municipal de Paços de Ferreira que nos ofereceu 75.000 euros”, contou ao IMEDIATO Zeferino Barbosa.


Já no dia anterior, em assembleia geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira, foi aprovado o Orçamento e Plano de Atividades para 2021.


À margem da cerimónia de bênção, o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira (AHBVPF), Zeferino Barbosa, confirmou ainda ao IMEDIATO que foi apresentado um novo ponto de situação sobre o terreno de 14.000 m² doado pela Câmara Municipal de Paços de Ferreira em 2004.


Recorde-se que o terreno em causa tinha sido doado por um cidadão, sendo que “havia a necessidade de a autarquia fazer obras no terreno para salvaguardar o antigo proprietário”. Não tendo sido cumprida essa parte do acordo, o terreno reverteu para o antigo dono. “Indiretamente, acabamos também por perdê-lo”, relembrou o dirigente da AH dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira.


Assim, depois de ter “perdido” o terreno, a Câmara de Paços de Ferreira propôs a troca por um espaço com cerca de metade da área do anterior, de forma a compensar a perda.


“Houve uma parte da assembleia que discordou [do novo terreno] e, como tal, vamos ter de voltar a falar com o presidente da Câmara Municipal e voltar à carga. Mas queremos estar em paz com a autarquia e que as coisas se façam sem grandes contratempos”, sublinhou o dirigente.


Contudo, quase 16 anos volvidos desde a primeira doação, as prioridades da AHBVPF também se alteraram. Se, em 2004, a intenção da direção era construir um novo quartel, em 2020 a prioridade é a criação de um centro de treinos e formação.


“Há cinco anos fizemos obras de requalificação no quartel, agora não é necessário um novo espaço. Temos é necessidade de um campo de treinos e formação para novos elementos, que nos faz bastante falta, porque aqui [no quartel] só conseguimos se ocuparmos a estrada”, afirmou Zeferino Barbosa. 7


Durante a assembleia foi ainda aprovado por unanimidade o Orçamento e Plano de Atividades para 2001 e feita uma retrospetiva dos últimos seis anos da direção da AHBVPF.


“Nesse período investimos 700.000 euros em veículos, infraestruturas, obras, e ainda dois apartamentos para aluguer, porque as associações têm de criar novas receitas, só o transporte de doentes e os sócios já não chega”, adiantou Zeferino Barbosa.


Fonte: Imediato

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________