Acidente Obrigou a Desencarcerar Vítima em Guimarães - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 13 de dezembro de 2020

Acidente Obrigou a Desencarcerar Vítima em Guimarães

 


Uma colisão entre dois automóveis provocou ferimentos ligeiros num homem, este domingo à tarde, na vila de Caldas das Taipas, concelho de Guimarães. A vítima ficou presa e teve de ser desencarcerada.


A colisão deu-se poucos minutos antes das 15.30 horas, na rotunda de saída da vila em direção a Braga. Os Bombeiros Voluntários das Taipas foram alertados às 15.29 horas e mobilizaram nove elementos em dois veículos, uma ambulância e um carro de desencarceramento.


Logo que chegaram ao local, os bombeiros depararam-se com a vítima encarcerada no lugar do condutor e tiveram de realizar uma operação de desencarceramento. Em menos de dez minutos, a porta do carro acidentado foi cortada e a vítima foi retirada em segurança do automóvel. Depois de receber assistência no local, o homem foi transportado pelos bombeiros ao Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães.


Ao que tudo indica, a colisão aconteceu entre um automóvel que já seguia na rotunda e o Mercedes onde seguia a vítima. Os primeiros sinais parecem indicar que este último terá entrado na rotunda sem se aperceber da aproximação do outro veículo. A outra condutora envolvida no acidente, que já seguia na rotunda nos momentos que precederam a colisão, manteve-se sempre no local.


Ao teatro de operações acorreram ainda a GNR e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Guimarães. Apesar da obrigatoriedade de recolhimento, o acidente motivou a curiosidade de várias pessoas que acompanharam a operação dos bombeiros.


Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________