Quatro Feridos Após Desabamento Atingir Metro na Linha Azul - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 29 de setembro de 2020

Quatro Feridos Após Desabamento Atingir Metro na Linha Azul

 


Um desabamento ocorreu esta terça-feira no interior de um túnel da Linha Azul do metro em Lisboa, junto à Praça de Espanha, atingindo uma carruagem e obrigando a retirar os passageiros a pé pela linha.


O desabamento ocorreu cerca das 14.20 horas e atingiu a primeira carruagem de um metro que estava a chegar à Praça de Espanha, proveniente de São Sebastião, na Linha Azul, com 300 passageiros a bordo.


"Ouvi um barulho e houve uma travagem muito forte. Algumas pessoas que viajavam de pé caíram ao chão", contou Maria Araújo ao JN.


"O socorro foi muito rápido, vieram logo os seguranças que nos conduziram a pé pela linha", acrescentou. "Foi um grande susto, mas não houve pânico", garante.


Há a registar quatro feridos, todos ligeiros. São três mulheres com sintomas de ansiedade e o segurança que partiu um vidro para prestar o socorro aos passageiros. Foram todos transportados ao hospital por precaução.


A circulação na Linha Azul ficará condicionada durante um a dois dias. Assim, não haverá ligação no troço entre as Laranjeiras e o Marquês de Pombal e haverá ligação entre Amadora Este e Laranjeiras e entre Marquês de Pombal e Santa Apolónia.


No troço onde a circulação está cancelada haverá reforço das ligações de autocarro da Carris.


Vítor Domingues dos Santos, presidente do Conselho de Administração do Metro, indicou que foi chamado o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) para apurar as circunstâncias em que ocorreu o desabamento, mas, revelou, tudo aponta para um erro de obra na intervenção de reabilitação que está a decorrer na Praça de Espanha que originou um furo no teto da galeria do metro.


Fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________