Morreu o Segundo Piloto Ferido em Queda de Canadair Durante Combate a Incêndio no Gerês - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Morreu o Segundo Piloto Ferido em Queda de Canadair Durante Combate a Incêndio no Gerês

 


O co-piloto espanhol que tinha ficado ferido na queda de uma aeronave de combate a incêndios, durante as operações de extinção do gofo no Gerês, a 8 de agosto, morreu esta segunda-feira.


Segundo o La Gaceta de Salamca, Maxi, de 38 anos, tinha estado internado num hospital português antes de ser operado num Hospital Virgen de la Vega de Salamanca. Estava em casa do pai, em Babilafuente, a recuperar e foi lá que foi encontrado sem vida, esta segunda-feira, mais de um mês depois do acidente.


Aguarda-se agora resultado da autópsia ao corpo para determinar a causa da morte.


A queda da aeronave, um Canadair CL215 do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, do Centro de Meios Aéreos de Castelo Branco, vitimou logo o piloto, o português Jorge Jardim, de 65 anos.


Durante as operações de combate ao fogo no Parque Nacional da Peneda-Gerês, o avião despenhou-se junto à Barragem do Alto do Lindoso, quando se preparava para reabastecer o depósito de água.


Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________