Mulher de 44 anos morre em colisão no IP2 em Castelo de Vide. Criança de 11 anos levada de helicóptero para hospital - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 30 de agosto de 2020

Mulher de 44 anos morre em colisão no IP2 em Castelo de Vide. Criança de 11 anos levada de helicóptero para hospital


Uma mulher morreu este sábado e outras cinco pessoas sofreram ferimentos, duas com gravidade, na sequência da colisão de dois automóveis no Itinerário Principal (IP) 2, no concelho de Castelo de Vide (Portalegre).

A fonte da GNR indicou que o óbito da mulher, de 44 anos, foi declarado no local, tendo o corpo sido encaminhado para o serviço de Medicina Legal do hospital de Portalegre.

Françoise Fernandes Faustino, natural da Mata, Castelo Branco, era diretora técnica da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Castelo Branco.

Segundo a mesma fonte, um dos feridos graves, um menino de 11 anos, foi transportado num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Os outros quatro feridos, um grave, uma mulher de 50 anos, e três ligeiros, um jovem de 15, uma jovem de 18 e um homem de 54, foram transportados para o hospital de Portalegre, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre.

O alerta, de acordo com o CDOS, foi dado às 18h42, tendo sido mobilizados bombeiros e veículos das corporações de Castelo de Vide, Portalegre, Nisa e Crato, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Portalegre, e um helicóptero do INEM, além da GNR, num total de 40 elementos, apoiados por 15 viaturas.

A estrada, que liga Alpalhão a Alagoa, esteve cortada nos dois sentidos.

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________