Fogo que Deflagrou em Cabeceiras de Basto em Fase de Conclusão - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 29 de agosto de 2020

Fogo que Deflagrou em Cabeceiras de Basto em Fase de Conclusão


O incêndio que deflagrou na sexta-feira em Padornelos, concelho de Cabeceiras de Basto, distrito de Braga, está em conclusão, mas cinco militares da GNR sofreram queimaduras durante o combate ao fogo.

De acordo com a informação disponível na página na internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, pelas 00:30 de hoje ainda estavam 111 operacionais no terreno, apoiados por 32 viaturas.

Durante a tarde, cinco elementos de um Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro da GNR sofreram queimaduras no combate às chamas.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou, durante a noite de sexta-feira, dois dos cinco militares, segundo uma nota publicada na página na internet da Presidência da República.

"O chefe de Estado falou ainda, telefonicamente, com a mulher do militar que está internado no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho e com os outros dois militares, também feridos neste incêndio, que já tiveram alta hospitalar", acrescenta a nota.

Em comunicado enviado às redações, também na noite de sexta-feira, a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) disse que "acompanha com preocupação" o evoluir da situação dos cinco militares, "gravemente feridos durante o combate a um incêndio florestal".

"A LBP manifesta o desejo de rápidas melhoras aos cinco elementos" e "manifesta ao Comando-Geral da GNR, a todos os oficiais e restantes militares, bem como às famílias dos feridos, a sua solidariedade neste momento difícil que atravessam".

O alerta para o fogo foi dado às 16:46 de sexta-feira.

Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________