Quase 500 Bombeiros em Chaves e Covilhã para Impedir Reacendimentos - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 31 de julho de 2020

Quase 500 Bombeiros em Chaves e Covilhã para Impedir Reacendimentos


Incêndios em Chaves e na Covilhã foram dominados, mas no terreno continuam centenas de bombeiros prontos a atuar em caso de reacendimentos.

Oincêndio que deflagrou na tarde de quinta-feira em Vila Verde da Raia, concelho de Chaves, foi dado como dominado hoje às 07h00, mas no teatro das operações continuam 206 bombeiros, auxiliados por  64 viaturas e um meio aéreo, segundo a página da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil. 

Em direto do local, a RTP relatava, pelas 12h30, a existência de dois reacendimentos, num dos quais o meio aéreo se encontrava a fazer descargas. 

Neste incêndio, recorde-se, cinco bombeiros precisaram de ser assistidos, encontrando-se todos já em casa. 

Segundo a informação da página da Proteção Civil, o incêndio em Chaves se encontra em conclusão, justificando-se a permanência dos operacionais no local com os trabalhos de consolidação garantindo que não há reacendimentos. 

No caso do incêndio que deflagrou na tarde de quarta-feira em Sobral de São Miguel, concelho da Covilhã, este foi dado como dominado hoje às 4h14.  No terreno continuam 262 operacionais, auxiliados por 85 viaturas e três meios aéros.

O objetivo é o mesmo: impedir os reacendimentos ou atacá-los com a prontidão necessária em caso de existirem, tendo em conta as temperaturas elevadas e o vento que se fará sentir durante o dia. 

Pelas 13h20, a Proteção Civil indicava a existência de três incêndios ativos no país,  quatro em resolução e 18 em conclusão, sendo os distritos de Castelo Branco e de Vila Real aqueles que concentram praticamente a totalidade dos operacionais destacados. 

Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________