Pelotão do GIPS deixa Bragança para ocupar espaço na GNR da vila de Izeda - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Pelotão do GIPS deixa Bragança para ocupar espaço na GNR da vila de Izeda


A equipa do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) instalada na cidade de Bragança há alguns anos poderá ser transferida nos próximos dias para a vila de Izeda, no mesmo concelho.

Os 20 operacionais do Pelotão de Intervenção de Proteção e Socorro de Nogueira dos GIPS vão ficar alojados numa área das instalações da GNR em Izeda, uma vez que a sede que ocupavam no antigo edifício, onde funcionaram vários serviços no antigo Governo Civil de Bragança, se encontram degradadas e sem condições para continuar a alojar a equipa, adiantou uma fonte da GNR. A área de atuação da equipa vai manter-se, nomeadamente o serviço do helicóptero do Centro de Meios Aéreos (CAM) de Nogueira, que funciona na época de incêndios.

O presidente da União das Freguesias de Izeda, Calvelhe e Paradinha Nova, Luís Filipe Fernandes, está muito satisfeito com a mudança do GIPS para a vila tanto mais, "que o posto da GNR é de construção recente e estava sub-aproveitado, pois não está completamente ocupado pelos cerca de 15 elementos da Guarda, cujos comandantes ao longo dos anos se queixaram de falta de efetivos".

O autarca considera que a permanência de mais "recursos humanos em Izeda é sempre bom para a vila". Por isso, enquanto presidente da Junta, diz que a autarquia apoiará o GIPS no que for necessário em termos logísticos. "Estamos dispostos a ceder um terreno no caso de precisarem de ampliar as instalações ou até, se houver intenção de mudar a localização do helicóptero que atualmente está instalado na Serra da Nogueira, a uma grande altitude. Nós cá em Izeda temos espaço para o receber. Se for necessário Izeda avança com o terreno", afirmou Luís Filipe Fernandes.

Fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________