Pedro Ribeiro Tomou Posse como Comandante dos Bombeiros Voluntários de Braga - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 19 de julho de 2020

Pedro Ribeiro Tomou Posse como Comandante dos Bombeiros Voluntários de Braga


Pedro Ribeiro é o novo comandante dos Bombeiros Voluntários de Braga. Ao seu lado terá Cátia Silva, como adjunta do comando, e Pedro Dias, como segundo comandante. Os novos membros tomaram posse este domingo de manhã.

A cerimónia juntou responsáveis políticos, autoridades e a Liga dos Bombeiros Portugueses, que atribuiu, pelas mãos de Bruno Alves, a medalha de serviços distintos "grau de ouro" ao presidente da corporação dos Bombeiros Voluntários de Braga, capitão António Ferreira.

O dirigente sentiu-se "honrado" com a distinção, mas atribuiu o mérito, também, à sua equipa, nomeadamente a Luís Dias e Artur Guimarães Marques.

Sobre o novo comandante indigitado, António Ferreira falou de um operacional com "bons conhecimentos técnicos, determinação, disponibilidade e paixão pelo que faz". Atribuiu a Pedro Ribeiro um "feitio rebelde". Bruno Alves, também, destacou "a irreverência" do novo responsável pelas operações da corporação de Braga.

Pedro Ribeiro, 41 anos, diz que, entre os objetivos, está a aquisição de dois novos veículos de combate a incêndios. "Há 20 anos que não temos uma veículo-tanque", elucidou.

Entretanto, o novo quartel deverá ser uma realidade já no próximo ano, anunciou o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio. "Foi necessário cumprir algumas formalidades do ponto de vista urbanístico nos terrenos que tinham sido doados à associação humanitária. Uma vez reconhecido o interesse estratégico deste projeto, não só pelos órgãos municipais, também pela CCDR ( Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional) e pelo Governo, terá condições para ser implementado.

Admito que, ainda, este ano poderemos ter condições para que a obra se possa iniciar", admitiu o autarca, à margem da cerimónia.

O investidor que vai ficar com o velho quartel, no Largo Paulo Orósio, para ali construir um hotel, assumirá a construção da nova casa dos bombeiros voluntários, na freguesia de S. Paio de Arcos, em Braga.

Fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________