Liga dos Bombeiros disponível para ajudar operacionais de Cuba feridos em incêndio de Castro Verde - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Liga dos Bombeiros disponível para ajudar operacionais de Cuba feridos em incêndio de Castro Verde


“A Liga dos Bombeiros Portugueses está disponível para ajudar” os operacionais de Cuba que ficaram feridos com gravidade no incêndio do passado, dia 13 de julho, em Castro Verde.

A certeza foi deixada por Rodeia Machado, durante o programa da Rádio Pax, “Visão dos Tempos”.

O convidado salientou que até ao momento, “a Liga não recebeu nenhum pedido de ajuda, por parte das famílias (…)”.

Nestas situações, têm de ser os familiares, através da “Associação de Bombeiros, a requerer ao Fundo de Proteção Social do Bombeiro, o apoio necessário”, que em caso de “internamento pode corresponder até 120 salários mínimos pagos pelas companhias de seguros”.

Rodeia Machado defendeu ainda que “os equipamentos de proteção individual estão a ficar fora de prazo e com poucas condições”, mas que é ao “Estado que compete comprar esses materiais”.

O comentador referiu ainda que em vez de “lamentar” a perda de um bombeiro, é preciso “dar-lhes melhores condições de segurança e proteção”.

Recorde-se, que a Federação e os Corpos de Bombeiros do Distrito de Beja estão a levar a cabo uma campanha para ajudar os dois operacionais de Cuba feridos no combate às chamas.

“Ajude os Bombeiros de Cuba feridos com gravidade no incêndio de Castro Verde” está a circular nas redes sociais.

Os interessados em contribuir podem fazê-lo através de transferência bancária para a Federação dos Bombeiros do Distrito de Beja ou dirigindo-se ao Corpo de Bombeiros mais próximo.

Fonte: Radio Pax

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________