Incêndio na Covilhã Dado como Dominado - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Incêndio na Covilhã Dado como Dominado


Dispositivo vai ser mantido "durante todo o dia" e "insistir com os meios aéreos" assim que seja possível para evitar que o fogo se reative.

O fogo da Covilhã foi, cerca das 7h30 desta quinta-feira, dado como dominado, avançou o Comandante Distrital de Castelo Branco, Francisco Peraboa, à RTP. "Há cerca de meia hora demos este incêndio como dominado, tínhamos uma frente ativa que, durante a noite, conseguimos debelar com cerca de 500 operacionais que temos no terreno, 160 viaturas e sete máquinas de rasto", foram as palavras do responsável pelas 8 horas da manhã. 

O Comandante acrescentou que "com muito trabalho, durante toda a noite, aproveitamos a janela de oportunidade e conseguimos dominar este incêndio". O dispositivo vai ser mantido "durante todo o dia" e "insistir com os meios aéreos" assim que seja possível, para evitar que o fogo se reative. 

Francisco Peraboa destacou ainda a complicada orografia do terreno em que as chamas progrediram, "onde foi apenas possível colocar, muitas vezes, meios apeados, com ferramentas manuais" e "abrir acesso com máquinas de rasto" para que as máquinas lá pudessem também trabalhar. 

De recordar que este fogo, que lavra desde quarta-feira em Sobral de São Miguel, concelho da Covilhã, tinha, ao início da manhã uma frente ativa, sem perigo para povoações. 

Segundo os dados disponibilizados no 'site' da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, pelas 8h11 estavam no local 511 operacionais e 158 veículos.

Durante o dia de ontem, o vento e a orografia do terreno - uma zona de serra com poucos acessos - dificultaram o combate às chamas, que deflagraram às 14h43, na freguesia de Sobral de São Miguel, uma das Aldeias do Xisto, e progrediu em direção à povoação anexa do Pereiro.

Fonte: Noticias ao Minuto
Foto de Hélio Madeiras

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________