Incêndio Destrói parte do Castelo da Ponte em Vizela - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 11 de junho de 2020

Incêndio Destrói parte do Castelo da Ponte em Vizela


Em poucos minutos, arderam décadas de história do concelho de Vizela, com o incêndio no Castelo da Ponte, ocorrido pouco depois das cinco da manhã.

Os Bombeiros Voluntários de Vizela foram alertados às 5.04 horas e mobilizaram 26 operacionais em seis viaturas. Apesar da prontidão da corporação, a existência de materiais de fácil combustão, sobretudo em madeira, fez com que o fogo progredisse de forma rápida e, à chegada dos bombeiros, o edifício já estava tomado pelas chamas.

Ainda assim, os Voluntários de Vizela conseguiram circunscrever o fogo à zona onde já deflagrava e, até ver, salvou-se a fachada. A parede visível do edifício vai ser alvo de uma avaliação por parte da Proteção Civil Municipal de forma a garantir que não existe perigo de derrocada. Até lá, a estrada que liga a rotunda do Lions Clube de Vizela e a Ponte D. Luís permanece encerrada por precaução.

No local, para além dos Bombeiros, esteve ainda a GNR de Vizela. A ocorrência deverá passar para a alçada da Polícia Judiciária de Braga, que vai investigar as causas do incêndio, uma vez que há fortes suspeitas de mão humana na ignição. É que o edifício, devoluto, já não tinha eletricidade instalada e a temperatura que se fez sentir durante a madrugada no concelho vizelense também não justifica o início do fogo.

O Castelo da Ponte, situado na freguesia de São João, é um dos edifícios mais antigos do concelho de Vizela. Foi mandado construir em 1905 por Armindo Freitas Ribeiro Faria para acolher os Paços do Concelho, o que nunca chegou a acontecer. O edifício é propriedade da Câmara Municipal de Vizela. No início do ano, a Autarquia colocou-o em hasta pública por 1,4 milhões de euros. Os interessados teriam que construir um hotel nunca inferior a quatro estrelas, mas não apareceu qualquer proposta.

Fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________