ENB Retoma Atividade Formativa Externa com Medidas de Prevenção e Controle - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 14 de junho de 2020

ENB Retoma Atividade Formativa Externa com Medidas de Prevenção e Controle



A Escola Nacional de Bombeiros (ENB) retomou a sua atividade formativa externa e a realização de Provas de Avaliação Teórico-Práticas do Curso de Formação para Ingresso na Carreira de Bombeiro Voluntário desde o dia 1 de junho. A Direção da ENB aprovou um Plano de Contingência para o vírus SARS-CoV-2 (COVID-19) que prevê um conjunto de medidas de prevenção e controle a implementar no decurso da formação. 

A formação externa da ENB foi suspensa, como medida de prevenção, na sequência da declaração de pandemia originada pela COVID-19, a 11 de março, pela Organização Mundial de Saúde. 

Com a gradual reabertura dos vários sectores de atividade, a ENB aprovou no dia 29 de maio um Plano de Contingência para a retoma parcial da atividade, que será acompanhada por um conjunto de medidas de prevenção e controlo, já divulgadas junto dos Corpos de Bombeiros. 

Passa a ser obrigatório usar máscara, monitorizar a temperatura corporal e manter o distanciamento social, sempre que possível, durante a formação. Os formandos e os formadores devem assinar uma declaração em como não têm sintomas de COVID-19, nem o tiveram nos últimos 14 dias. 

O número de formandos por ação fica limitado a 12 formandos. Nas situações em que o número a formar por Corpo de Bombeiros seja superior, devem ser ministradas mais do que uma ação de formação. No caso das provas de ingresso, o número de estagiários por prova fica limitado a 40 estagiários.

As medidas de prevenção abrangem ainda outras vertentes, como a renovação frequente do ar, a higienização das mãos com água e sabão ou solução de base alcoólica, a higienização pessoal, a limpeza e desinfeção do material e espaço da formação e deslocação dos formandos em veículos. Também passa a estar previsto o procedimento a adotar para casos suspeitos de COVID-19.

O Plano de Contingência define ainda os procedimentos específicos por área de formação: Emergência Pré-Hospitalar, Salvamento e Desencarceramento, Extinção de Incêndios Rurais, Extinção de Incêndios Urbanos, Condução Defensiva e Fora de Estrada Liderança na Atividade de Bombeiro.

As medidas aplicam-se a todas as ações de formação que decorrem nas Unidades Locais de Formação e nos Corpos de Bombeiros de todo o país.

Recorde-se que a Direção da ENB aprovou no dia 6 de março o Plano de Contingência SARS-CoV-2 (COVID-19), para fazer face à propagação do vírus, a atualizar mediante o evoluir da situação epidemiológica. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________