Bombeiro de Entre-os-Rios Agredido Violentamente em Serviço - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 1 de junho de 2020

Bombeiro de Entre-os-Rios Agredido Violentamente em Serviço


Um bombeiro de Entre-os-Rios foi ao final da tarde de hoje agredido violentamente na Alameda do Dragão no Porto.

Tudo aconteceu quando uma viatura embateu por trás numa ambulância de transporte de doentes não urgentes dos Bombeiros de Entre-os-Rios, depois do embate, o bombeiro perguntou o que se tinha passado, ao qual obteve resposta do condutor dizendo que não tinha visto, após isto o bombeiro perguntou se ele se dava como culpado, pois não existia motivo nenhum para este embate, ao qual o condutor terá respondido que não se dava como culpado, e que não queria que chama-se a policia.

Depois disto, o bombeiro ligou para o 112 para pedir ajuda à PSP local, e durante este tempo chegou outra viatura com outra pessoa, e foi depois disto que um deles atacou o bombeiro com o chamado "mata leão", e o bombeiro imobilizado e em dificuldade, para se defender, mordeu o braço do agressor fazendo com que este o deita-se ao chão, e permitindo ao segundo agressor desferir violentos pontapés no rosto, provocando lesões na boca, no nariz, e nos membros superiores.

Passados alguns minutos, outros condutores apercebendo-se da situação, começaram a parar para ir em auxilio do bombeiro agredido, o que fez com que os agressores se colocassem em fuga sem deixar rasto.

O bombeiro foi assistido pelos Bombeiros da Areosa/Rio Tinto, e foi posteriormente transportado para o Hospital de São João pelos Bombeiros Voluntários do Porto, foi observado pelo serviço de cirurgia e de otorrino, e neste momento já recebeu alta hospitalar.

No local esteve também a PSP que tomou conta da ocorrência e de testemunhos de algumas pessoas presentes no local.

Foi também apresentada uma queixa crime na PSP local pelo bombeiro agredido.

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________