Quanto Tempo se Demora a Recuperar da Covid-19? - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 19 de maio de 2020

Quanto Tempo se Demora a Recuperar da Covid-19?


Sabe-se que mais de um milhão de pessoas em todo o mundo recuperaram do novo coronavírus, de acordo com a Universidade Johns Hopkins, nos EUA.

Mas o caminho de volta à saúde total não é o mesmo para todos. O tempo de recuperação dependerá de como o paciente ficou doente, desde o início.

Algumas pessoas evitam a doença rapidamente, mas para outras, isso pode causar problemas duradouros. A idade aliada a outros problemas de saúde aumenta o risco de ficar mais gravemente doente com a covid-19.

Quanto mais invasivo for o tratamento para o doente, e quanto mais tempo a sua execução, maior a probabilidade de recuperação.

E se eu tiver apenas sintomas leves?

A maioria das pessoas infetadas desenvolverá apenas os principais sintomas - tosse ou febre. A par destes sintomas, há ainda a possibilidade de dores no corpo, fadiga, dor de garganta e dor de cabeça. A tosse é inicialmente seca, mas algumas pessoas acabam por tossir com muco contendo células pulmonares mortas pelo vírus. Esses sintomas são tratados com repouso na cama, muitos líquidos e alívio da dor, como o paracetamol.

Pessoas com sintomas leves devem fazer uma recuperação rápida e boa. A febre deve estabilizar em menos de uma semana, embora a tosse possa persistir.

Uma análise da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre dados chineses diz que leva em média duas semanas para uma pessoa se recuperar.

Ora, e se eu tiver sintomas mais graves?

A doença pode se tornar muito mais grave para alguns. Isso tende a acontecer cerca de sete a 10 dias após a infeção. A transformação pode ser repentina. A respiração torna-se difícil e os pulmões ficam inflamados. Isto ocorre porque, embora o sistema imunológico do corpo esteja a reagir, exagera e o corpo sofre danos colaterais. Algumas pessoas precisarão estar no hospital para oxigenoterapia.

A médica Sarah Jarvis comentou com a BBC que "a falta de ar pode levar um tempo considerável para melhorar e corpo está a superar as cicatrizes e a inflamação". A profissional de saúde diz que pode levar duas a oito semanas para recuperar, como o cansaço persistente.

E se eu precisar de cuidados intensivos?

A OMS estima que uma pessoa em cada 20 necessitará de tratamento intensivo, o que pode quer dizer a necessidade de colocar um ventilador. Levará tempo para se recuperar totalmente. Os pacientes são transferidos para uma ala regular antes de ir para casa.

Alison Pittard, diretora da Faculdade de Medicina Intensiva em Londres, diz que pode levar 12 a 18 meses para voltar ao normal após qualquer período de tratamento intensivo. Passar muito tempo numa cama de hospital leva à perda de massa muscular. Os pacientes ficam fracos e os músculos levarão tempo para desenvolver novamente. Algumas pessoas precisarão de fisioterapia para caminhar novamente.

Por causa do que o corpo passa numa unidade de cuidados intensivos, também há a possibilidade de delírio e distúrbios psicológicos. "Parece haver um elemento adicional nesta doença - a fadiga viral é definitivamente um fator enorme", refere Paul Twose, fisioterapeuta de cuidados intensivos, à BBC.

Houve relatos vindos da China e de Itália de fraqueza no corpo todo, falta de ar após qualquer nível de esforço, tosse persistente e respiração irregular. Além da extrema necessidade de dormir muito.

"Nós sabemos que os pacientes levam um período considerável, potencialmente meses, para se recuperar". Mas é difícil generalizar. Algumas pessoas passam períodos relativamente curtos em cuidados intensivos, enquanto outras são ventiladas por semanas.

Fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________