Jovem de 18 Anos Morre ao Ser Cuspido da Bagageira Durante Colisão - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Jovem de 18 Anos Morre ao Ser Cuspido da Bagageira Durante Colisão


Um jovem de 18 anos morreu após ter sido cuspido do porta-bagagens do carro em que seguia com mais três amigos e que, ao final da tarde de quarta-feira, colidiu lateralmente com outro, em Aveiras de Cima, no concelho da Azambuja. O acidente fez mais quatro feridos.

O grupo de amigos em que se inseria João Mendes, o jovem que faleceu, reside em Vale Cepo, uma pequena localidade na freguesia de Aveiras de Cima. Um dos jovens, recém-encartado, é dono do automóvel ligeiro de mercadorias, de marca Fiat Punto. O grupo combinou usar a viatura para uma pequena viagem. Só que, como a mesma tem apenas dois lugares, João Mendes e uma amiga aceitaram viajar no porta-bagagens do veículo.

O acidente aconteceu pouco depois das 18h00 de quarta-feira, na rua da Boavista, em Vale Cepo. Ao que o CM apurou, o condutor de outro automóvel iniciou uma manobra de mudança de direção à esquerda, no preciso momento em que o jovem que seguia ao volante do Fiat Punto no qual estava João Mendes iniciou uma ultrapassagem. A colisão foi bastante violenta e fez com que o jovem, que seguia viagem sem qualquer mecanismo de retenção ao veículo, fosse cuspido para o exterior.

A circulação automóvel foi logo cortada na zona, tendo sido mobilizados meios dos Bombeiros da Azambuja, da Cruz Vermelha de Aveiras de Cima (que empenhou oito operacionais e três viaturas), e também do posto territorial da GNR de Aveiras de Cima.

Ainda foi prestada assistência médica a João Mendes, mas o óbito acabou por ser declarado no local. O cadáver foi levado para o Instituto de Medicina Legal de Lisboa, onde será autopsiado. Dois feridos foram transportados para o Hospital de Vila Franca de Xira e os outros dois recusaram hospitalização.

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________