Bombeiros estão prontos para incêndios, assegura ministro - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 30 de maio de 2020

Bombeiros estão prontos para incêndios, assegura ministro


O ministro da Administração Interna assegurou que os bombeiros "estão prontos" para o combate aos incêndios, sem descurar o apoio à pandemia, sublinhando que o verão não pode ser adiado.

"O Governo pode dar moratórias no pagamento de impostos, atrasar pagamentos de rendas, determinar o fecho de atividades económica mas não consegue adiar o verão", disse Eduardo Cabrita, este sábado, no final de uma visita à Liga dos Bombeiros Portugueses, em Lisboa, onde acompanhou o Presidente da República e o primeiro-ministro.

O ministro detalhou que, este ano, o combate aos incêndios será feito por "12 mil homens e mulheres", com os bombeiros voluntários a serem "a principal componente". "Já esta semana o demonstraram: 46 incêndios rurais anteontem [quinta-feira] e quase 500 operacionais nesta primeira semana de tempo quente", afirmou.

Eduardo Cabrita elogiou o papel dos bombeiros na pandemia de covid-19, dizendo que estiveram "na primeira linha de proximidade" em situações como o acompanhamento de doentes ou de isolamento profilático.

"Nestes meses foi preparada a resposta que nos dá a confiança que estaremos prontos para responder aos desafios dos próximos meses, respondendo ao desafio da pandemia, que não terminou", disse.

O ministro desejou que, no próximo ano, o Dia do Bombeiro Português - que se assinala anualmente no último fim de semana de maio - possa voltar a ser celebrado nos moldes habituais, tal como o presidente da Liga, Jaime Marta Soares, que agradeceu a visita dos responsáveis políticos a esta instituição.

"Foram para nós um consolo de alma e um sentimento de gratidão, quando disseram que gostariam de fazer uma visita a este local que será o ex-líbris, a casa dos soldados da paz", afirmou.

Antes da visita à Liga dos Bombeiros Portugueses, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa, acompanhados do ministro da Administração Interna e do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, visitaram no cemitério dos Prazeres um monumento dedicado à memória dos bombeiros municipais da capital, datado de 1875, depositando em seguida coroas de flores no talhão dos sapadores bombeiros.

Fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________