APS Cria Fundo Solidário COVID-19 - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 1 de maio de 2020

APS Cria Fundo Solidário COVID-19


A Associação Portuguesa de Seguradores (APS) prepara-se para formalizar, em Assembleia-Geral agendada para dia 4 de maio, “a constituição de um fundo especial no valor de 1,5 milhões de euros, destinado a financiar a atribuição de apoio monetário aos familiares diretos dos profissionais da área da saúde, das forças de segurança e do socorro, incluindo bombeiros voluntários, entre outros, que hajam contraído, no exercício da sua profissão ou de missão voluntária, em Portugal, a doença COVID-19 e, em consequência dela, tenham falecido ou venham a falecer”. 

Em ofício dirigido ao presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), o rosto da APS, José Galamba de Oliveira, frisa que “o setor segurador, pela natureza da sua atividade, é especialmente sensível à perda de vidas humanas” e nessa linha, sublinha, “é por isso que, com a plena consciência que a vida humana é insubstituível, a atribuição de um apoio financeiro solidário nestas circunstâncias específicas pode contribuir, pelo menos, para mitigar constrangimentos de ordem material”.

“Tal como já sucedeu noutros momentos, nomeadamente nos grandes incêndios que assolaram o país em 2017, pretende­-se que este seja um processo célere e com o mínimo de burocracia associado, para que as famílias possam, com esta ajuda, retomar a sua vida sem preocupações imediatas de natureza patrimonial”, assinala o presidente da Associação Portuguesa de Seguradoras que, na missiva endereçada a Jaime Marta Soares, sublinha e agradece aos bombeiros portugueses “o inestimável contributo de todos, profissionais e voluntários, na defesa e proteção de todos  nós e do nosso País".

Refira-se que esta “iniciativa solidária” das seguradoras abrange, para além de bombeiros - voluntários e profissionais -, elementos das forças e serviços de segurança e de socorro, todos os que na linha da frente assumem o combate à pandemia, nos hospitais, unidades de saúde e centros de investigação, entre vários outros, mobilizados por entidade pública para a prestação dos serviços de prevenção, socorro e combate ao COVID­19. Este fundo abrange, ainda, trabalhadores e até voluntários em vários outros setores, de instituições públicas e privadas, nomeadamente, em lares de idosos, centros de cuidados continuados e funerárias.

Toda a informação, sobre as condições de atribuição destes apoios, documentos de suporte necessários e o formulário de instrução dos pedidos, ficarão disponíveis na página web da APS – www.apseguradores.pt – já na próxima semana.

Fonte: LBP

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________