Menina de nove anos sofre ferimentos graves em acidente na A2 - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Menina de nove anos sofre ferimentos graves em acidente na A2


Uma menina com nove anos sofreu ferimentos graves na sequência de um choque que envolveu na manhã desta quarta-feira duas viaturas, uma das quais modelo autónomo de marca Tesla, na A2, em Alcácer do Sal.

A vítima sofreu um traumatismo craniano, nunca perdeu a consciência e foi transportada para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa. O acidente deu-se às 11.42 horas, no sentido sul-norte, e o trânsito esteve interrompido até cerca das 13.30 horas.

Ao que foi possível apurar, a criança seguia no banco traseiro de uma viatura ligeira, Ford Fiesta, que encostou na berma da autoestrada na sequência do despiste da viatura que seguia à sua frente. Aqui, foi abalroada por um veículo autónomo, marca Tesla, que se terá despistado. Não foi possível apurar, até ao momento, se esta seguia em condução autónoma ou manual.

O embate fez com que a viatura onde se encontrava a criança embatesse no rail de proteção antes de se imobilizar na faixa de rodagem do meio da autoestrada. Ao local acorreram os bombeiros de Grândola e de Alcácer do Sal, que retiraram a menina do veículo sinistrado através de desencarceramento e transportaram-na, consciente, para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

No total estiveram empenhados seis viaturas e nove elementos dos bombeiros, bem como a viatura médica de emergência e reanimação do Hospital do Litoral Alentejano, a GNR e a Brisa.

Fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________