Incêndios em 2020 Poderão Ser Catastróficos em Portugal - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Incêndios em 2020 Poderão Ser Catastróficos em Portugal


Um inquérito da a 600 proprietários de terrenos em Portugal revelou que 58 por cento ainda não limpou os seus terrenos, sendo que 46 por cento dos mesmos não o fez por falta de rendimentos. Os resultados, revelados na segunda-feira, 27 de abril, mostram que os incêndios no País poderão ser “catastróficos” se a situação assim se mantiver.

No questionário partilhado com os profissionais inscritos na plataforma na categoria de limpeza de terrenos, 77 por cento afirmou que em 2020, devido ao surto do novo coronavírus, estão a sentir uma quebra na procura, sendo que 44 por cento dos mesmos diz que esta quebra chega aos 80 por cento dos seus rendimentos normais.

“É essencial assegurar a limpeza, pois devemos evitar juntar a uma crise da Covid-19 uma catástrofe de incêndios nunca antes vista em Portugal”, disse um dos inquiridos. A maioria dos profissionais alertou ainda para o facto de serem muito poucos os pequenos e médios trabalhos de corte de ervas e mato denso, sobretudo pela incerteza e receio que a crise da pandemia provocou no País.

“É uma situação que nos dificulta a progressão de vida e investimento em equipamentos e mais recursos no serviço, não facilitando a correta manutenção e prevenção de incêndios florestais“, afirmou outro profissional à Fixando.

Segundo a plataforma, estes profissionais dizem ainda que há uma “excessiva penalização exercida pelas autoridades”, juntas de freguesia e câmaras municipais, que multam os proprietários pela falta de limpeza e fazem depois as limpezas dos terrenos, dificultando “a saudável concorrência de pequenos e médios profissionais”.

Fonte: nit.pt

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________