"Desrespeito ao Estado de Emergência". Acesso à Póvoa controlado pela PSP - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 22 de março de 2020

"Desrespeito ao Estado de Emergência". Acesso à Póvoa controlado pela PSP


A Câmara Municipal da Póvoa de Varzim anunciou hoje que todos os acessos à cidade através de automóvel estão a ser controlados pela PSP, após "desrespeito ao Estado de Emergência".

Numa nota publicada nas redes sociais deste município do distrito do Porto foi explicado que a ação foi tomada devido "ao comportamento inconsciente" de muitas pessoas que hoje de manhã passearam pela cidade, desrespeitando as medidas de prevenção de propagação da pandemia da covid-19.

"Face ao comportamento inconsciente que assistimos esta manhã na cidade, num desrespeito do Estado de Emergência que vigora em todo o país, o município é obrigado a atuar de forma rigorosa para que todos adotem comportamentos adequados com a imposição declarada de isolamento social, salvo as exceções estipuladas pelo decreto governamental", pode ler-se no comunicado da Câmara da Póvoa de Varzim.

Nesse sentido, a autarquia explica que "todos os acessos, através de automóvel, [à cidade] estarão sobre controle da PSP".

A Câmara diz ainda que "a marginal foi encerrada ao trânsito", e que "a Polícia Municipal, em conjunto com a Proteção Civil, irá permanecer na via pública, para que todos os que andam na rua cumpram as medidas que estão estipuladas, e permaneçam o mínimo de tempo possível expostos".

A Câmara Municipal da Póvoa de Varzim apelou ainda para que em "tempo de proteção, contenção, consciencialização, todos respeitem o Estado de Emergência, respeitem as autoridades. Fiquem em casa".

Portugal tem 14 mortes associadas ao vírus da covid-19 confirmadas, mais duas do que no sábado, e 1.600 pessoas infetadas, segundo o boletim de hoje da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Estão confirmadas cinco mortes na região Norte, quatro na região Centro, quatro na região de Lisboa e Vale do Tejo e uma no Algarve, revela o boletim epidemiológico divulgado hoje, com dados referentes até às 24:00 de sábado.

De acordo com os dados da DGS, há mais 320 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, do que no sábado.

Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________