Mais de 390 Mil Euros para Bombeiros do Concelho de Palmela - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Mais de 390 Mil Euros para Bombeiros do Concelho de Palmela


Cada uma das corporações vai encaixar uma verba de 130 mil e 284 euros para fazer face a custos com o Grupo de Bombeiros Permanentes

Igualmente aprovada, por unanimidade, foi a renovação do protocolo de colaboração com as três associações de bombeiros do concelho – Palmela, Pinhal Novo e Águas de Moura – para o corrente ano. Cada uma das corporações vai receber, este ano, uma verba de 130 mil e 284 euros euros, destinada a comparticipar os custos de funcionamento de um Grupo de Bombeiros Permanentes, composto por um número mínimo de oito elementos, o qual integra a Equipa de Intervenção Permanente.

A Autarquia justifica a actualização com a nova realidade estrutural do território. “Novas acessibilidades e o crescimento industrial e urbano verificado no concelho de Palmela, em particular desde a década de 90 do século passado, originou um aumento significativo do volume de serviços realizados pelas associações de bombeiros que actuam na área do município, bem como um acréscimo das suas responsabilidades no âmbito dos sistemas local e regional de protecção civil”.

Além disso, defende que “as mudanças verificadas no concelho originaram uma alteração na base de recrutamento de novos elementos pelas associações de bombeiros, tornando inviável um modelo de funcionamento dos corpos de bombeiros assente unicamente no voluntariado”.

A criação dos Grupos de Bombeiros Permanentes, acordado em 1999, proporcionou “um inegável reforço da capacidade de intervenção das corporações do concelho”, contribuindo “decisivamente para a melhoria das condições de segurança das populações”, lembrou a autarquia, sublinhando a concluir que a parceria com as três associações é imperiosa “por constituir um dos principais pilares do sistema local de protecção e socorro”.

Fonte: Diário da Região

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________