Jaime Marta Soares, o "Dinossauro" que Ninguém Consegue Vencer - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Jaime Marta Soares, o "Dinossauro" que Ninguém Consegue Vencer


Foi durante 37 anos autarca pelo PSD em Vila Nova de Poiares, é presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses e ex-presidente da Assembleia -Geral do Sporting.

O atual presidente da Liga dos Bombeiros, Jaime Marta Soares, foi eleito em outubro de 2017 para o terceiro mandato na liderança da Liga. Presidente desde 2011 superou a lista encabeçada por José Barreira Abrantes.

Num breve discurso de vitória, Jaime Marta Soares, de 77 anos, afirmou que o congresso foi uma oportunidade de “afirmação dos valores” dos bombeiros e constatou que todos os bombeiros são poucos para as tarefas que têm de levar a cabo, analisando as eleições como um lugar de “confronto de ideias e de pontos de vista para se poderem atingir objetivos interessantes”.

A criação de uma direção nacional de bombeiros, independente da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), é uma das principais bandeiras. Há mais de 40 anos que ocupa cargos públicos, sem intervalo para descanso. Os últimos dias são exemplo disso. O ministro Eduardo Cabrita garante que o “processo de diálogo” entre o Governo e a Liga dos Bombeiros Portugueses, relativamente aos diplomas aprovados em Conselho de Ministros que vêm trazer várias alterações ao funcionamento da Proteção Civil, ainda está aberto. 

Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, responde dizendo que o ministro da Administração Interna está a mentir. Há mais de duas semanas que os bombeiros não têm resposta do Governo às suas propostas, garante o responsável. Pelo meio assumiu também a responsabilidade pelo pelouro da proteção Civil na Associação Nacional de Municípios.

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses passou mais de metade da vida em funções autárquicas, na Câmara de Vila Nova de Poiares, e ficou conhecido como um dos “dinossauros” do Poder Local. “Sou a mãe e o pai dos dinossauros” autárquicos, costuma dizer em tom de brincadeira. Aliás, tinha 31 anos quando foi eleito pela primeira vez para um cargo político: a Comissão Administrativa de Vila Nova de Poiares. A eleição aconteceu num jardim municipal e através de uma votação feita com o braço no ar.

Sportinguista dos sete costados envolveu-se numa acesa polémica com Bruno de Carvalho. Apelou à demissão do então presidente e este respondeu-lhe que ele era um “foco de problemas”. A paixão pelo Sporting começou desde muito cedo e teve mesmo 20 dias à experiência como jogador do clube. Jaime foi guarda-redes e vestiu a camisola do Poiares, do Condeixa e do Lousanense. Muito anos depois acabaria por chegar à presidência da Mesa da Assembleia Geral dos “leões”.

A par da carreira de futebolista, ainda jogou andebol — chegava a treinar quatro horas por dia, somando as duas modalidades. Pouco depois de ter feito 60 anos, inscreveu-se no curso de Direito. Mais uma atividade a juntar à longa lista de ocupações, que inclui a fundação de confrarias, como a da chanfana, que é o seu prato favorito.

Fonte: Jornal Económico 

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________