Esclarecimento sobre Valores Pagos a Filha de Bombeira que Faleceu em Serviço - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Esclarecimento sobre Valores Pagos a Filha de Bombeira que Faleceu em Serviço


Boa noite a todos.

Para quem nos conhece sabe que quando erramos assumimos o erro, tentamos corrigir e pedimos desculpa ao(s) visados(as), hoje é esse o caso.

Ontem publicamos um artigo em que entre outros temas, abordava um circular em que esta dizia que a filha da bombeira falecida em combate no incêndio do Caramulo, Ana Rita, recebia apenas 10 euros por mês de apoio de subsidio de estudo, pois bem, sendo que este subsidio é realmente este valor, também é justo dizer todos os outros valores envolvidos, sendo que, dinheiro nenhum no mundo poderia pagar ou compensar a filha da Bombeira Ana Rita pela perda da mãe.

Antes de avançar, quero em meu nome pessoal, e em nome do Vida de Bombeiro, apresentar as mais cordiais desculpas à Liga de Bombeiros Portugueses em especial ao senhor Presidente Jaime Marta Soares.

Quem me conhece, e quem conhece o Vida de Bombeiro, sabe que esta é a nosso forma de ser e de estar na vida, e que apesar de ter as nossas opiniões, temos de ser humildes o bastante e suficiente, para assumirmos quando erramos, por isso, mais uma vez, em meu nome e em nome do Vida de Bombeiro, deixamos o nosso pedido de desculpas publico à Liga de Bombeiros Portugueses e ao seu presidente, senhor Jaime Marta Soares.

Dando seguimento a este esclarecimento, cumpre-nos informar o seguinte:

A filha da bombeira falecida no Caramulo, Ana Rita, recebe do FUNDO DE PROTEÇÃO SOCIAL DO BOMBEIRO, em média, 821,04 EUROS por mês, a saber:

- 601,60 euros (14x) Pensão de Preço de Sangue;
- 90 euros para alimentação;
- 230 euros anuais subsídio de vestuário;
- 30 Euros trimestrais de subsídio de estudo.

Importa salientar, ainda, que, com a morte da bombeira, a menor é beneficiária de duas apólices de seguro, uma de Acidentes Pessoais (109.125,00 euros) e outra de Seguro de Vida (50.000,00 euros).

Para poder aceder às quantias referidas, na qualidade de representante da menor, o progenitor procedeu à abertura de uma conta bancária na Caixa Geral de Depósitos que só pode ser movimentada quando a filha da bombeira Ana Rita Pereira atingir a maioridade.

Os montantes pagos pelo Fundo de Proteção Social do Bombeiro são transferidos para uma outra conta, também na Caixa Geral de Depósitos, apenas pode ser movimentada com as assinaturas conjuntas do progenitor e avô paterno da menor. 

Reiteramos que, todo o dinheiro do mundo não seria bastante para indemnizar esta menina, pois não há dinheiro nenhum que pague uma vida! 

Se me perguntarem, pessoalmente, quem me dera que o subsídio de estudo fosse 10 vezes superior como todos os outros.

Apesar de tudo aqui escrito, acredito que ainda devia ser mais, muito, muito mais, mas, para isso, é preciso ter consciência que o fundo precisa de ser dotado de mais financiamento, reclamação feita pela Liga de Bombeiros Portugueses, a que o Governo simplesmente tem feito "vista grossa".

Reitero mais uma vez que dinheiro nenhum no mundo paga uma vida humana, mas a realidade é que se criou uma falsa imagem da realidade aquando das partilhas da circular de ontem sobre o subsidio de estudo.

O Vida de Bombeiro, é um site isento, sem clube, religião, etnia ou cor partidária, e por tudo isso, é mais que justo este esclarecimento e este pedido de desculpas publico à Liga de Bombeiros Portugueses e ao seu presidente, senhor Jaime Marta Soares.

José Filipe
Fundador/Administrador de Vida de Bombeiro

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________