Simulacro Junta Bombeiros a 350 Metros de Profundidade na Barragem do Lindoso - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Simulacro Junta Bombeiros a 350 Metros de Profundidade na Barragem do Lindoso


Bombeiros das corporações de Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Ponte de Lima, estiveram envolvidos num simulacro realizado a 350 metros de profundidade na Barragem do Alto Lindoso. Um plano de emergência para vários cenários de ocorrência naquela infraestrutura, desde incêndio a salvamento e resgate em grande ângulo, foi testado por quase 40 operacionais.

O Comandante dos Bombeiros de Arcos de Valdevez, Filipe Guimarães, descreveu o simulacro na sua página de Facebook, como "uma experiência muito enriquecedora" e "um verdadeiro desafio", tendo em conta que decorreu num "cenário completamente fora do comum e com características e particularidades muito próprias".

"Foram representadas duas situações distintas, uma de incêndio num transformador localizado junto de umas das turbinas e também uma situação de salvamento e resgate na cota zero da infraestrutura, nomeadamente junto das "borboletas de descarga" onde estavam dois técnicos feridos que para serem resgatados desse local obrigou ao empenhamento de equipas especializadas", relatou, referindo que se tratou de "um teste super exigente", face aos constrangimentos encontrados.

"Acessos muito limitados e limitações de comunicação, permitiram realçar que, realmente os Bombeiros têm uma capacidade de mobilização e de resposta incríveis", comentou, salientando que o exercício "decorreu a mais de 350 metros de profundidade e envolveu 37 operacionais, num total de 11 viaturas das três corporações".

A experiência "completamente inovadora para os Bombeiros do Vale do Lima", acrescentou Filipe Guimarães, foi promovida pela EDP, Município de Ponte da Barca e o Comando Distrital da ANEPC em Viana do Castelo.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________