Governo Lamenta Morte de Militar da GNR em Acidente em Paços de Ferreira - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Governo Lamenta Morte de Militar da GNR em Acidente em Paços de Ferreira


O Governo lamentou a morte em serviço de um militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) num acidente rodoviário em Arreigadas, concelho de Paços de Ferreira, distrito do Porto, que causou outra vítima mortal e três feridos graves.

"Em nome do Governo, manifesto profundo pesar pela morte do Cabo Jorge Gomes, que cumpria o seu dever numa patrulha do Destacamento de Trânsito da GNR do Porto", é referido numa nota recebida pela agência Lusa do Ministério da Administração Interna (MAI).

Eduardo Cabrita transmitiu também na nota "um voto de solidariedade aos familiares, amigos e a todos os militares da Guarda Nacional Republicana".

O despiste de uma viatura no domingo, cerca das 16 horas, na A42 - Autoestrada do Grande Porto, em Arreigadas, Paços de Ferreira, no distrito do Porto, provocou três mortos, um dos quais o militar da GNR, três feridos graves e um ligeiro, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto.

Segundo a mesma fonte, a viatura que se despistou abalroou um veículo ligeiro e um reboque e o militar da GNR que morreu terá sido atropelado quando prestava assistência a um outro acidente ocorrido pouco tempo antes no local.

A condutora da viatura que se despistou também morreu no acidente, que foi fatal, ainda para o condutor do reboque.

A GNR registou no fim de semana 410 acidentes, que causaram cinco mortos, seis feridos graves e 132 ligeiros.

No sábado, dos 214 acidentes, resultaram um morto (num acidente que envolveu uma mota e um automóvel em Aveiras de Cima, concelho da Azambuja, distrito de Lisboa), quatro feridos graves e 57 ligeiros.

Segundo os dados da GNR, no domingo foram sucederam 214 acidentes, que causaram quatro mortos (dois em Arreigadas, Paços de Ferreira, um em Benavente, distrito de Santarém, na Estrada Nacional (EN) 118, na sequência de uma colisão entre um automóvel e um autocarro, e um num despiste de uma viatura ligeira em Elvas).

Os acidentes registados no domingo pela GNR provocaram ainda dois feridos graves e 75 ligeiros.

O Porto foi o distrito com mais acidentes (52) no fim de semana.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________