Casal Morre na A41 a Caminho do Aeroporto - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Casal Morre na A41 a Caminho do Aeroporto


José Santos, de 72 anos, e Alda Alves, de 70, morreram numa aparatosa colisão na A41, Maia, na tarde de sábado. O BMW em que seguiam embateu violentamente num reboque que estava no local a prestar assistência a um despiste ocorrido pouco antes.

O casal, residente em Vila Verde, dirigia-se para o Aeroporto Sá Carneiro, onde iria apanhar um avião para França - onde tinha familiares. A condutora, nora do casal, sofreu ferimentos ligeiros e foi transportada para o Hospital S. João, no Porto. Os corpos tiveram de ser desencarcerados e foram depois transportados para o Instituto de Medicina Legal do Porto para autópsia.

O acidente ocorreu às 13h30, ao quilómetro 9,8 da A41, sentido Lousada-Matosinhos, junto à saída Maia Este. Ao que o CM conseguiu apurar, antes desta colisão tinham acontecido três despistes num raio de 100 metros junto ao local do acidente, nos quais se registaram dois feridos ligeiros - dois homens que foram hospitalizados.

"Quando chegámos ao local, encontrámos as duas vítimas já cadáveres e encarceradas", explicou Rui Ferreira, adjunto dos Bombeiros da Trofa. As causas do acidente estão por apurar, mas a chuva intensa que caía a essa hora poderá ter sido o motivo, já que se criaram vários lençóis de água na via.

O Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação da GNR investiga. O trânsito esteve condicionado a uma faixa de rodagem na A41 durante cerca de duas horas.

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________