Camião de Bombeiros Atinge Ministério das Finanças Britânico com Tinta - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Camião de Bombeiros Atinge Ministério das Finanças Britânico com Tinta


Os ativistas do Extinction Rebellion foram até ao Ministério das Finanças britânico num carro de bombeiros e pulverizaram o edifício com tinta vermelha. O objetivo do grupo foi de chamar a atenção para o que dizem ser o fracasso do governo para evitar um cataclismo climático iminente.

Após a ação, quatro ativistas ficaram no topo do autotanque que tinha uma faixa com a frase "Parem de financiar a morte climática". Os degraus do Ministério das Finanças ficaram inundados de tinta vermelha, 1800 litros de sangue falso segundo os ativistas.

"As Finanças têm frustrado os esforços de outros departamentos governamentais para tomar medidas contra as alterações climáticas porque se preocupam apenas com o crescimento económico", disse um dos ativistas, Ben, à Reuters. " Não compreendem que o crescimento económico perpétuo leva à morte climática", prosseguiu. "O vermelho simboliza as pessoas que estão a morrer agora no hemisfério sul e também as pessoas que vão começar a morrer devido à mudança climática em todo o mundo se não fizermos nada."

A polícia informou que prendeu quatro pessoas por suspeita de danos. No local, a polícia ficou sem saber que destino dar ao camião depois de o motorista ter tirado a respetiva chave.

À Reuters, os ativistas explicaram que o autotanque foi comprado no eBay.

Através da desobediência civil sem violência, a Extinction Rebellion quer forçar os governos a reduzir as emissões de carbono e evitar uma crise climática.

Em abril, o grupo causou 11 dias de protestos em Londres. Foi considerado o maior ato de desobediência civil da história recente do Reino Unido. Além do bloqueio aos lugares emblemáticos da capital, atacaram edifícios de empresas como a Shell ou a Goldman Sachs.

Mayor critica ativistas
O presidente da autarquia de Londres, Sadiq Khan, em entrevista à rádio LBC, mostrou-se contra o modus operandi da Exticntion Rebellion. "A minha mensagem para quem está envolvido na Extinction Rebellion é que, sim, enfrentamos uma emergência climática. E, sim, os executivos, incluindo os locais, precisam de uma ação mais audaz", começou por dizer.

"Mas a forma como tentam conquistar a opinião pública, a forma como tentam persuadir as pessoas em posições de poder para mudar as políticas, não creio que seja eficaz quando se cometem danos e causam perturbação", prosseguiu, antes de concluir que estas ações estão a desviar os recursos das autoridades.

Fonte: Diário de Noticias

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________