Mãe do filho de Noel Ferreira lê mensagem emocionante no último adeus: "vai crescer a ouvir as histórias do pai" - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Mãe do filho de Noel Ferreira lê mensagem emocionante no último adeus: "vai crescer a ouvir as histórias do pai"


A sirene dos bombeiros de Cête, em Paredes, tocou de forma incessante este domingo à saída do corpo de Noel Ferreira, o comandante daquela corporação, que perdeu a vida na quinta-feira, num acidente de helicóptero em Valongo. Logo atrás do caixão, seguia um quadro com uma fotografia do capitão da Força Aérea, de 36 anos, a sorrir com o filho ao colo. Um menino de apenas um ano, que um dia saberá através das histórias tudo aquilo que o pai foi e representou.

"O nosso filho vai crescer e é bom para ele poder ouvir as vossas histórias (sobre o pai), poder crescer a conhecer. Por isso eu peço para que se lembrem, para que nunca se esqueçam. Só assim pudemos manter vivo o Noel", disse na missa, de forma muito emocionada, Carla Gírio, mãe do filho de Noel, que disse que nos últimos dias foi criada "uma rede de suporte básico de vida" em torno de si e do bebé.

Também a corporação, onde Noel era comandante há pouco mais de um ano, deixou uma mensagem. "Hoje queremos agradecer porque fizeste e farás parte da nossa história. Os teus dias de luta terminaram, os teus dias de glória chegaram e o céu azul agora é todo teu. Obrigada Noel, obrigada nosso comandante", leu uma bombeira, dando conta de que aquele lugar será sempre de Noel.

As cerimónias contaram com centenas de pessoas e com as presenças do Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, altas patentes da Força Aérea e uma representante da Presidência da República.

O corpo de Noel Ferreira, de 36 anos, foi sepultado depois no cemitério de Cête, um momento que foi de extrema emoção para os familiares e amigos presentes. Noel, de 36 anos, perdeu a vida, na quinta-feira, quando combatia um incêndio em Sobrado, no concelho de Valongo. O helicóptero que pilotava terá colidido com as linhas de alta tensão e explodiu.

Colegas da Força Aérea levaram o capacete do capitão
Colegas da Força Aérea de Noel Ferreira levaram este domingo durante o cortejo fúnebre, o capacete e ainda o colete do capitão. Também o pai da vítima tinha um chapéu alusivo à esquadra 751, sediada no Montijo, onde Noel estava atualmente colocado.

Fonte: Correio da manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________